Deinfra apresenta projeto de duplicação da Antônio Heil

Previsão para início das obras é 2013, com conclusão em dois anos e custo estimado em R$ 140 milhões

Deinfra apresenta projeto de duplicação da Antônio Heil

Previsão para início das obras é 2013, com conclusão em dois anos e custo estimado em R$ 140 milhões

A duplicação da rodovia SC-486 ou como é denominada, Antônio Heil, está em vias de tornar-se realidade. Na tarde desta segunda-feira, 15 de outubro, o Departamento Estadual de Infraestrutura de Santa Catarina (Deinfra), com o apoio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional de Brusque, realizou na Câmara de Vereadores de Brusque, a apresentação e coleta de sugestões para o projeto de duplicação da via, que liga Itajaí à Brusque. 

O evento foi marcado por explanação do projeto, depois os presentes fizeram seus questionamentos, que foram respondidos pelos engenheiros do Deinfra e da empresa que realizou o projeto, a Prosul.

O trecho a ser duplicado tem 24,4 quilômetros e o projeto prevê a sua duplicação com três metros de canteiro central, quatro faixas de 3,75 metros cada e acostamento de 2,5 metros de largura. Também estão previstas a implantação de seis interseções, sendo quatro em viaduto. 

Para aumentar a segurança da via foram projetadas quatro travessias para pedestres nas comunidades de Itaipava, Arraial dos Cunha e Limoeiro, bem como melhoria de uma curva.
Ainda nesta terça-feira, às 18 horas, será realizado a consulta pública em Itajaí, na Associação Empresarial do município. 

As obras serão custeadas com recursos do Banco Interamericano de Desenvolvimento e fazem parte do Pacto por Santa Catarina. O custo prévio é de R$140 milhões, com previsão para início das obras é 2013, com conclusão em dois anos.

** Saiba mais na edição impressa do MDD desta terça-feira, 16 de outubro.
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio