Desfile cívico no Steffen marca celebração da Independência do Brasil em Brusque

Evento contou com a participação dos 300 alunos da escola Companheiro Oscar Maluche

Desfile cívico no Steffen marca celebração da Independência do Brasil em Brusque

Evento contou com a participação dos 300 alunos da escola Companheiro Oscar Maluche

A Independência do Brasil foi celebrada na manhã desta quinta-feira, 7, no bairro Steffen. A Escola Lions Club Companheiro Oscar Maluche foi uma das três instituições da cidade a realizar atividades cívicas neste feriado em Brusque.

O pequeno desfile pelas ruas do bairro emocionou o público e reuniu autoridades. Os 330 alunos da escola participaram do evento junto com a fanfarra, responsável por animar o desfile e com o 1º pelotão dos atiradores do Tiro de Guerra 005.

A diretora da escola, Ivanete Lago Groh, destaca que o desfile foi organizado durante a semana e, além dos alunos, pais e professores, mobilizou toda a comunidade, que enfeitou as casas com bandeiras e bexigas verde e amarelo. “Este é o primeiro desfile que acontece aqui no nosso bairro e todo mundo se envolveu”, diz.

Ivanete ressaltou também a importância de incentivar o patriotismo nas crianças, principalmente em um momento tão conturbado do país.

“Conversamos bastante com os alunos sobre o significado da independência. Em um momento tão difícil, é preciso fazer a diferença e isso começa nas pequenas ações, como o desfile”.

O vice-prefeito Ari Vequi afirmou que este é o momento de renovar as esperanças no país. “Tenho certeza que dias melhores virão e uma nova fase está começando, por isso, é importante incentivar as crianças a terem orgulho do nosso país”.

O secretário de Educação, José Zancanaro, destaca que todas as escolas da rede municipal de Brusque realizaram atividades alusivas à Semana da Pátria e, além do desfile no Steffen, as escolas do Paquetá e Thomaz Coelho também realizaram o evento em suas comunidades. “Este ano estamos aqui no Steffen e no próximo ano iremos prestigiar outras comunidades”, diz.

De acordo com ele, o desfile de 4 de agosto, em comemoração ao aniversário de Brusque, já é um momento cívico, por isso, no Sete de Setembro, a prefeitura decidiu descentralizar as atividades.

“Se concentrássemos tudo no Centro, apenas um grupo de crianças daqui poderia participar. Assim damos a chance de todos os estudantes fazerem parte deste momento e também ter mais participação da comunidade”.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio