Raul Sartori

Jornalista graduado em Ciências Sociais, atua na imprensa catarinense há cerca de 40 anos - raulsartori@omunicipio.com.br

Família Amin pode ter candidatos ao governo estadual, Câmara dos Deputados e Alesc

Raul Sartori

Jornalista graduado em Ciências Sociais, atua na imprensa catarinense há cerca de 40 anos - raulsartori@omunicipio.com.br

Família Amin pode ter candidatos ao governo estadual, Câmara dos Deputados e Alesc

Raul Sartori

Família
Alguns caciques do PP de SC não sabem ainda como dizer à família Amin que três candidatos do mesmo clã a cargos eletivos (Esperidião Amin para governador, sua esposa, Ângela, e o filho, João, para a Câmara dos Deputados e Assembleia Legislativa) poderia pegar mal no eleitorado. Demonstraria não só muita sede de poder, como deixaria outros nomes pelo caminho.

Sem delírios
Vários publicitários de SC já tem sido sondados oficiosamente, direta ou indiretamente, por partidos de pré-candidatos ao governo estadual. Um deles, mais notório, porque fez serviços em eleições anteriores, foi avisado que terá serviço, sim, se quiser, “mas sem delírios” quanto a dinheiro, que não está apenas escasso, como também muito controlado.

Henrique Meirelles
O pré-candidato do MDB à presidência da República, Henrique Meirelles, manda e-mail à coluna dizendo: “Sempre acreditei que o nosso destino é a gente mesmo que faz. Temos sempre dois caminhos: o do pessimismo ou o do otimismo. Eu sempre me guiei pelo otimismo. Ninguém vence uma batalha no ódio. Ninguém vence uma crise repetindo a mesma fórmula. O Brasil é do tamanho dos nossos sonhos!”. Boa sorte.

Diferenças
Quem acompanha a política estadual mais de perto notou uma diferença entre os eventos de lançamento dos pré-candidatos ao governo do Estado Gelson Merísio, na penúltima semana, em Chapecó, e de Esperidião Amin, sábado, em Criciúma. No primeiro mobilizou-se uma frota de aviões para interessados no apoio, inclusive para jornalistas. No segundo, quem quisesse teria que se virar com condução, alimentação e hospedagem.

Teto dos juízes
Levantamento preliminar divulgado ontem informa que a decisão tomada há quase quatro anos pelo ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal, de estender a todos os magistrados do país o famigerado auxílio-moradia, já custou ao contribuinte mais de R$ 4 bilhões. Privilégio odioso de R$ 4.377 mensais pagos também aos meritíssimos na mesma cidade em que trabalham, livres de tributos e do teto imposto pela Constituição aos vencimentos dos servidores.

Desculpas
A Z+, uma das 10 maiores agências de publicidade da Rússia, lançou ontem o DesculpaRussia.com. É um site para as pessoas formalizarem pedidos de desculpas por causa daqueles brasileiros – inclusive um tenente da Polícia Militar de SC – que desrespeitaram mulheres e crianças.

Impunidade
Pouco adiantou a condenação, há dias, pelo MP-SC, da torcida Gaviões Alvinegros, do Figueirense, de entrar nos estádios de futebol de todo o Brasil com roupas e quaisquer acessórios e instrumentos musicais que a caracterizem como tal, até o final deste ano. Alguns “gaviões” disfarçados estavam no estádio Couto Pereira, promovendo brigas a badernas, sábado, no jogo que terminou empatado em 1 a 1. O Coritiba postou mensagem em rede social pedindo que torcedores assim “não voltem mais” em sua arena.

Pássaros tecnológicos
Pessoas que circulam em uma das avenidas mais movimentadas de Florianópolis – a Mauro Ramos, no Centro – tem notado “pássaros” diferentes, com três ou quatro “asas”, a uns 300 metros de altura, na direção do morro próximo. São drones, que agora estão se transformando na melhor das armas dos traficantes, de dia e noite.

Aos amigos, tudo
Os “lucros” de R$ 1,5 milhão da Casan distribuídos entre seus diretores em 2008 e 2009 não serão ressarcidos porque autorizados pela assembleia geral de acionistas, decidiu o TCE-SC. Enquanto isso uma pensionista do Iprev, com base em lei estadual, reivindicou judicialmente um aumento de pensão. Ganhou no TJ-SC, que condenou o Iprev a devolver R$ 1.689,71 em 24 parcelas. Este não não concorda. Vai recorrer ao STF.

Crise na mídia
A crise econômica se reflete na mídia nacional e estadual. Uma das maiores vítimas é TV Catarina (ex-Barriga Verde), afiliada da Band em SC. Dois telejornais – Band Cidade e Meio Dia Catarina – estão fora do ar devido à greve dos funcionários do jornalismo e operacional, que estão com salários atrasados.

Desconfiança
Até qual fase da Copa do Mundo chega a seleção brasileira? A pergunta está sendo feita em enquete do “Jornal do Brasil”. Respostas até agora: 41.9 % – oitavas de final; 24.7 % – quartas de final; 9.2% – semifinal; e 24.2 % – final.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio