Fanfarra João Boos é selecionada para participar de festival no Chile

Grupo de Guabiruba busca ajuda para custear as passagens dos integrantes

Fanfarra João Boos é selecionada para participar de festival no Chile

Grupo de Guabiruba busca ajuda para custear as passagens dos integrantes

Em apenas dois anos de estruturação, a Fanfarra João Boos (Fanjob), de Guabiruba, foi selecionada para participar de festival que ocorrerá em Valparaíso, no Chile, em outubro de 2018. A seleção ocorreu durante a 1ª Copa Vanguarda, em Barra Velha, no dia 9 de dezembro, por meio do maestro chileno Fábio Carvalho.

Além da Fanjob, outras duas bandas de Santa Catarina foram selecionadas: Vanguarda Catarinense, de Barra Velha, e a Banda Marcial João Paulo II, de Três Barras. Do Paraná, outras duas também foram escolhidas: a Fanfarra Municipal de Colombo e Guarda Mirim de Irati.

O maestro e coordenador geral do projeto voluntário da Fanjob, Wilson Schmidt Junior, explica que o evento não tem caráter competitivo, mas tem muita importância pois congrega bandas de toda a América Latina.

“Será a primeira vez que muitos dos alunos viajarão para fora do Brasil. A experiência proporcionará um conhecimento a mais, quem sabe até uma carreira”, diz.

A direção da fanfarra tem de agora até o fim do primeiro semestre do próximo ano para conseguir parceiros para custear as passagens. “Precisamos fazer a inscrição das bandas selecionadas para o evento, mas primeiro precisamos conseguir ajuda, pois temos aproximadamente 30 integrantes e gostaríamos que todos participassem”, explica Schmidt Junior.

Numa primeira prospecção, o custo de passagens para todos os integrantes gira em torno de R$ 35 mil. “A hospedagem conseguimos no Chile, pois a organização do evento dispõe de alojamentos”, acrescenta o maestro.

Em janeiro, a Fanjob inicia os ensaios focando no festival e, a partir do início das atividades, farão ações para buscar ajuda para a viagem. “Ainda estamos definindo um planejamento estratégico para definir quais eventos faremos e quais empresas abordaremos. Mas adianto que um dos projetos prevê a realização de uma feijoada em Guabiruba para arrecadação de fundos”.

Realização
Um dos integrantes da Fanjob, Ederson dos Santos, 21 anos, conta que ficou muito feliz ao saber da seleção. “A felicidade não é nem pela oportunidade em participar, até porque ainda não sabemos se conseguiremos ir, mas pelo reconhecimento do nosso trabalho. Isso mostra que estamos bem e emocionando o público”, comemora.

Santos conta que no ano passado, quando a Fanfarra João Boos foi reimplantada, a direção, em conjunto com os integrantes, conseguiu melhorar os instrumentos e, com isso, a banda ganhou mais credibilidade, driblando os poucos recursos.

Morador de Brusque e músico desde os 11 anos, Santos avalia que levar a Fanjob para o Chile será uma maneira de divulgar não somente Guabiruba, mas como toda a região.

Apesar da pouca idade – todos na faixa de 16 a 20 anos -, muitos dos integrantes da fanfarra possuem mais de dez anos de experiência. “Essa viagem seria um incentivo para nunca deixar de praticar a música e também é a prova que a música pode nos levar a fazer coisas incríveis”, complementa o maestro.

 

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio