Fatma aponta 59 pontos impróprios para banho em Santa Catarina

Primeiro relatório de balneabilidade de 2014 mostra aumento de locais inadequados para banhistas

Fatma aponta 59 pontos impróprios para banho em Santa Catarina

Primeiro relatório de balneabilidade de 2014 mostra aumento de locais inadequados para banhistas

A Fundação do Meio Ambiente de Santa Catarina (Fatma) divulgou nesta sexta-feira, 10 de janeiro, o 3º relatório de balneabilidade da temporada 2013-2014, o primeiro de 2014. Dos 200 pontos analisados no estado, 59 foram considerados impróprios.

De acordo com o gerente de Pesquisa e Análise da Qualidade Ambiental da Fatma, Haroldo Tavares Elias, houve um aumento de números impróprios já esperados devido às chuvas na primeira semana de janeiro e ao aumento considerável de pessoas no litoral. “Com a população mais que dobrando em algumas cidades do litoral, significa mais descarte de lixo e esgoto. Outro fator são as chuvas intensas e ressacas”, explica.

As condições de balneabilidade são determinadas pela quantidade de coliformes fecais / E coli amostradas nos locais de coleta. A presença de coliformes fecais indica o lançamento de esgoto na água do mar.

A Fatma recomenda aos banhistas que procurem locais afastados de rios, riachos e galerias de drenagem pluvial, especialmente de 24 a 48 horas após maior volume de chuva. 

O relatório de balneabilidade da Fatma permanece semanal até março de 2014. 

> Veja no mapa a condição das praias de SC

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio