Homem de 54 anos é preso por tráfico no bairro São Luiz

Braz Ubiratan Stiehler morava com a mãe de 82 anos e a tia de 92 anos. Polícia também vai apurar denúncias de maus tratos contra as idosas

Homem de 54 anos é preso por tráfico no bairro São Luiz

Braz Ubiratan Stiehler morava com a mãe de 82 anos e a tia de 92 anos. Polícia também vai apurar denúncias de maus tratos contra as idosas

Na manhã desta terça-feira, 16 de outubro, policiais da Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (Dpcami), com o apoio de agentes da Delegacia da Comarca (Dpco), prenderam Braz Ubiratan Stiehler, 54 anos, pelo crime de tráfico de drogas. 

De acordo com o delegado responsável pela Dpcami, Alonso Moro Torres, Stiehler morava com a mãe, de 82 anos, e uma tia com 92 anos de idade, e além de tráfico existem denúncias de que ele maltratava as duas idosas. 

O delegado revelou que a denúncia chegou até a polícia depois que uma das idosas passou mal e foi hospitalizada. Quando ela saiu do hospital, outros familiares passaram a cuidar dela, e não permitiram que ela voltasse para a casa, mas não conseguiram fazer com que a outra senhora deixasse a residência. 

– Eles queriam ajudar, mas tinham medo de ir lá porque o Braz ameaçava eles, e elas se negavam a sair da casa, pois moravam lá a vida inteira – explicou, destacando que nas denúncias, familiares teriam afirmado que além dos maus tratos, Braz também estaria se aproveitando da aposentadoria das idosas. 
Tráfico

Depois das denúncias, o juiz da Vara Criminal de Brusuqe, Edemar Leopoldo Schlösser expediu um mandado de busca e apreensão, que foi cumprido na manhã de terça-feira. Segundo o delegado, quando a polícia chegou até a casa na rua Augusto Wandrey, no bairro São Luiz. A idosa que ainda morava na casa estava na porta, e Braz estava dormindo. 

No quarto dele foram encontrados seis tabletes de maconha dentro de um vidro, ao pé da cama, e mais oito pacotes de maconha, prontos para a venda, segundo o delegado, dentro de uma sacola no armário. O delegado explicou que o vidro provavelmente seria enterrado no quintal, pois a polícia também encontrou no pátio da casa um buraco cavado recentemente. 

Braz foi preso em flagrante, conduzido à delegacia, onde foi autuado pelo crime de tráfico de drogas, previsto no artigo 33 da Lei 11.343/2006 e encaminhado à Unidade Prisional Avançada (UPA) de Brusque. Segundo o delegado Torres, ele já tem duas passagens anteriores pela polícia, também pelo crime de tráfico de drogas, e atualmente estava em liberdade condicional, pois cumpria pena pelo mesmo crime. O preso se reservou o direito de falar somente em juízo. 
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio