Instituições de ensino superior de Brusque oferecem bolsas e benefícios para novos alunos

Situação financeira dos estudantes motiva reação das faculdades, preocupadas em manter número de alunos em alta

Instituições de ensino superior de Brusque oferecem bolsas e benefícios para novos alunos

Situação financeira dos estudantes motiva reação das faculdades, preocupadas em manter número de alunos em alta

As instituições de ensino superior de Brusque apostam em descontos e bolsas para manter o número de alunos no mesmo patamar do ano passado. A situação econômica do trabalhador ainda não melhorou, apesar das mudanças na política econômica, por isso elas avaliam que é preciso fazer um esforço para facilitar o acesso ao ensino superior.

O Município Dia a Dia consultou as quatro instituições com cursos presenciais em Brusque: Centro Universitário de Brusque (Unifebe), Faculdade Senac, Uniasselvi/Assevim e Faculdade São Luiz. Todas elas trabalham com algum tipo de desconto ou benefício para os alunos.

Este ano já se apresenta melhor do que 2016, quando a recessão no país estava no seu pior momento. A Unifebe, instituição com mais alunos no município, por exemplo, registrou a entrada de 600 novos alunos, número semelhante ao do ano passado, de acordo com a pró-reitora de Ensino e Graduação, Heloisa Maria Wichern Zunino.

“Em relação ao ano passado, não houve retração, mesmo com o cenário socioeconômico desfavorável”, afirma a pró-reitora. A Unifebe tem a maior oferta de cursos no município, e por consequência mais alunos.

Para manter a quantidade de alunos, o que é importante para a saúde financeira da Unifebe, a instituição oferece bolsas de estudo por meio do Uniedu, do governo do estado. Essas bolsas são já as conhecidas dos artigos 170 e 171.

A Unifebe não oferta bolsas ou descontos por conta própria por impedimento legal. Instituições comunitárias – como é o seu caso – respondem ao Ministério Público e são obrigadas manter o princípio da igualdade de oportunidade para todos.

Como um dos seus papéis é contribuir para o desenvolvimento da sociedade, a Unifebe mantém parcerias com empresas. Nesse esquema, o funcionário estuda na instituição e a mensalidade é quitada pelo empregador.

A pró-reitora explica que a Unifebe aposta também em outras formas de atrair os alunos. “Investimos na qualidade de ensino e no nosso corpo docente”, diz. Heloisa avalia que com cursos de qualidade a instituição se torna uma referência e capta mais alunos.


Aposta em descontos

A Faculdade São Luiz registrou uma leve diminuição no número de novos alunos, porém, ainda dentro da expectativa da diretoria, de acordo com o assessor administrativo Paulo Sérgio Vieira. Segundo ele, a instituição também oferece bolsas pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) e por meio do Educa Mais Brasil.

O acesso ao ProUni se dá com a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Já o Educa Mais Brasil é uma instituição privada que oferece bolsas com até 70% de desconto para os estudantes de graduação. A São Luiz disponibilizou 16 bolsas desse tipo, e ainda existem vagas, informa o assessor administrativo.

A Faculdade São Luiz também trabalha com descontos. Para novos alunos, é oferecido o desconto de 20% no valor da mensalidade nos dois cursos da instituição – Administração e Filosofia – durante 2017. Com isso, a mensalidade de Administração fica por R$ 681,60 nos dois primeiros semestres.

“É um valor abaixo da concorrência”, diz Vieira. Com a situação financeira mais complicada para os alunos, a Faculdade São Luiz busca maneiras de negociar a tornar o acesso ao ensino mais fácil para calouros.


Facilidade para os comerciários

A Faculdade Senac registra crescimento. De acordo com a diretora Ana Cristina Heil Belli, 85 novos alunos se matricularam, mais do que em 2016. Um dos motivos para isso é que, além de Processos Gerenciais e Estética e Cosmética, a instituição também passou a contar com o curso de Design de Moda.

“Todas essas ações são exploradas por meio das redes sociais, que fazem um importante papel de comunicar sobre os diferenciais dos nossos cursos e as vantagens de estudar no Senac”, diz Ana Cristina. “Atualmente o Senac oferece bolsas através do Prouni, Artigo 170 e Educa Mais”, completa.

O Senac é gerido pela Federação de Comércio de Santa Catarina (Fecomércio-SC), por isso, naturalmente, os comerciários contam com vantagens. “Trabalhamos com desconto pontualidade. Mensalidades com pagamentos realizados até o dia 10 de cada mês têm um valor diferenciado e 20% de desconto para comerciários”, explica a diretora.

Ela avalia que os empresários estão mais otimistas neste ano, porém, isso ainda não se refletiu no trabalhador. Ana Cristina conta que há aumento na procura por cursos no Senac, mas ainda de forma modesta.

“Outro fator que observamos é que as pessoas não estão se sentido seguras para assumir dívidas a longo prazo”, diz a diretora do Senac.


Concurso para bolsas

A Uniasselvi/Assevim adotou uma abordagem diferente neste ano. Um concurso cultural por bolsas será feito com todas as pessoas que participarem do processo seletivo com a redação até 10 de março. Dentre os candidatos, 100 ganharão até 100% de desconto no curso escolhido.

A Uniasselvi também informa, por meio da assessoria de comunicação, que analisa as características de cada região onde há uma de suas unidades. Por isso, os cursos de Design de Moda e Engenharia Química tiveram suas mensalidades reduzidas, porque são relacionados à área têxtil.

A Uniasselvi foi adquirida pela Calyle e Vinci no ano passado, portanto está sob nova direção. A instituição comunica que avalia positivamente o número de matrículas neste ano, mas por política interna não divulga números.

Há, ainda, vagas para serem preenchidas em vários cursos. O modelo pedagógico adotado pela instituição permite mais interdisciplinaridade entre as diferentes matérias, por isso existe maior possibilidade de formar novas turmas.

Além disso, a Uniasselvi também trabalha com disciplinas a distância e semipresenciais, com o objetivo de viabilizar novas turmas para os novos alunos.

 

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio