Jovem que bateu contra moto de policial militar é preso por dirigir embriagado

Cedric Marcelo Rodrigues Neves, 18 anos, foi flagrado durante a madrugada por policiais que faziam rondas na avenida Primeiro de Maio

Jovem que bateu contra moto de policial militar é preso por dirigir embriagado

Cedric Marcelo Rodrigues Neves, 18 anos, foi flagrado durante a madrugada por policiais que faziam rondas na avenida Primeiro de Maio

Foi preso em flagrante, na madrugada desta sexta-feira, 6, o jovem Cedric Marcelo Rodrigues Neves, 18, por dirigir embriagado. Os policiais militares faziam rondas pela avenida Primeiro de Maio, quando viram o motorista buzinando.

Ao ser abordado, ele foi submetido ao teste do bafômetro, que acusou 0,68 mg/l, sendo que a lei prevê tolerância zero.

No interior do carro os policiais ainda encontraram duas garrafinhas de cerveja. Ele foi autuado em flagrante e encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil.

Neves é acusado de bater contra a motocicleta do cabo Marco Aurélio Maçaneiro, da Polícia Militar, na noite de sábado, 2, na rua Hercílio Luz, no Centro, e fugir do local sem prestar socorro. O inquérito policial contra o motorista já foi concluído pelo delegado Fernando de Faveri e encaminhado ao Ministério Público em abril.

Segundo o delegado, o inquérito foi concluído com fartas provas de que o acusado havia ingerido bebida alcoólica momentos antes do crime. Neves seguia pela contramão quando atingiu a motocicleta e fugiu após a colisão.

Ele se apresentou dois dias depois na delegacia e afirmou ter passado por duas festas antes, porém disse não ter ingerido bebida alcoólica, versão que foi desmentida pela polícia.

Neves foi indiciado por lesão corporal grave com dolo eventual com base no Código Penal, e dependendo da conclusão do laudo do Instituto Médico Legal (IML), pode se tornar de natureza gravíssima.

Somado a isso, há ainda mais dois crimes pelo Código de Trânsito, que são a omissão de socorro e embriaguez ao volante.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio