Luciano Hang apresenta campanha Trânsito Amigo a entidades

Objetivo é promover sinergia entre órgãos para reduzir acidentes graves

Luciano Hang apresenta campanha Trânsito Amigo a entidades

Objetivo é promover sinergia entre órgãos para reduzir acidentes graves

O diretor-presidente da Havan, Luciano Hang, apresentou a campanha Trânsito Amigo a entidades relacionadas à cidade e ao trânsito nesta segunda-feira, 30.

Antes de receber a imprensa, ele teve reunião com a presença do Ministério Público de Santa Catarina (MP-SC), Polícia Militar, Prefeitura de Brusque, Associação Empresarial de Brusque (Acibr) e Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL).

A campanha Trânsito Amigo já conta com outdoors espalhados pela cidade e terá também panfletos. Ela foi lançada há cerca de duas semanas pelo empresário, após um vídeo sobre o trânsito da avenida Primeiro de Maio.

Hang disse que visitou recentemente Votuporanga, no interior de São Paulo, e ficou impressionado com o trânsito organizado da cidade. “Fiquei encantado, e isso é no Brasil”.

O empresário afirmou que considera a conscientização a melhor forma de mudar o trânsito do município. Ele voltou a se posicionar contra lombadas e tachões, que, para ele, são caros e punem os bons e os maus, sem uma pré-seleção.

“Tem que pegar o cara que excede a velocidade, não pegar 100% da população”, afirmou Hang. Nesta terça-feira, 31, à tarde, ele visitou o projeto Transitolândia, no 18º Batalhão de Polícia Militar.

O tenente-coronel Moacir Gomes Ribeiro, comandante da PM de Brusque, avaliou positivamente a reunião. “É fundamental ter a participação da iniciativa privada nas campanhas de trânsito e até de segurança pública. O nosso grande problema em Brusque é o trânsito, tivemos 18 mortes neste ano, mais que o dobro de homicídios”, disse.

Gomes explicou para Hang os dois projetos educacionais da PM: a Transitolândia e o Proerd. Segundo ele, com o apoio da Havan será possível ampliar a abrangência da Transitolândia, hoje restrita a alunos do quarto ano.

Embora tenha como foco o combate às drogas, o Proerd também poderá ser beneficiado pela campanha. “Para que possamos, quem sabe, atingir um outro público [no Proerd]. Trabalharmos juntos. Nós temos interesse e vontade, mas como órgão público, falta estrutura financeira para dar continuidade”.

A campanha também terá a parceria da Secretaria de Educação. Segundo o secretário José Zancanaro, uma cartilha deverá ser elaborada, conforme a faixa etária das crianças, para educar os mais novos sobre o trânsito.

“Entendemos que a toda a transformação passa necessariamente pela educação. Se educarmos as crianças hoje, o cidadão de amanhã será disciplinado no trânsito”, disse o secretário de Educação.

O promotor Rodrigo Cunha Amorim, da 6ª Promotoria de Justiça, afirmou que a campanha é importante porque interessa ao MP-SC e à sociedade a redução no número de casos na esfera judicial.

“Fazendo um trabalho de conscientização e educação no trânsito, teremos menos mortes e menos crimes, e isso é o efeito que toda a sociedade organizada quer”, afirmou o promotor.

Participaram também da reunião: Halisson Habitzreuter, presidente da Acibr; Michel Belli, presidente da CDL; William Molina, secretário de Governo e Gestão Estratégica; Ricardo de Souza, secretário de Obras; e Nik Imhof, diretor da Secretaria de Obras; entre outros.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio