Raul Sartori

Jornalista graduado em Ciências Sociais, atua na imprensa catarinense há cerca de 40 anos - raulsartori@omunicipio.com.br

Temer é considerado péssimo e ruim mesmo naquilo que acontece de bom em seu governo

Raul Sartori

Jornalista graduado em Ciências Sociais, atua na imprensa catarinense há cerca de 40 anos - raulsartori@omunicipio.com.br

Temer é considerado péssimo e ruim mesmo naquilo que acontece de bom em seu governo

Raul Sartori

JASC
Depois do memorável vexame de 2016, quando não aconteceram (seriam em Tubarão), os Jogos Abertos de SC deste ano serão em Lages, de 3 a 11 de novembro. O secretário estadual de Turismo, Cultura e Esporte, Leonel Pavan, promete que a edição desse ano tem a missão de “ficar para a história como uma das maiores realizadas”. Missão que é quase uma obrigação.

Fuga
Desde que o iate “Leonardo 100”, avaliado em R$ 100 milhões, zarpou inesperadamente de Itajai e seguiu para Miami, nos Estados Unidos, há pouco mais de dois meses, o local onde até então estava pacificamente ancorado tem recebido visitas de autoridades policiais do andar de cima. Provavelmente nada estaria acontecendo se o dono da sofisticada embarcação não fosse Joesley Batista.

Má vontade
É verdade o que alguns analistas políticos estão percebendo: que Michel Temer é considerado péssimo e ruim na visão da esmagadora maioria dos brasileiros até no que acontece de bom e está dando certo no seu governo, como a queda da taxa de juros, a redução da temida inflação e até do desemprego.

Uso indevido
Um passarinho veio dizer que se os promotores do curso de pós-graduação “A Esquerda no Século XXI” conseguirem que a Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) seja apoiadora, colaboradora com empréstimo de livros e materiais aos alunos, que destine professores para atuarem na docência e ceda espaço físico, vai ter que se explicar no Ministério Público Federal, só para começo de conversa. A UFFS, criada no governo Lula, é pública.

Restituição justa
 Via projeto de lei, em trâmite, o deputado estadual Milton Hobus está propondo algo muito justo: que em SC seja restituído o IPVA ao proprietário de veículo que tenha sofrido algum sinistro não recuperável, como roubo, furto, apropriação indébita, estelionato ou apreensão pela autoridade policial. Em outros estados já há leis com tal determinação.

Concentração
A Comissão de Finanças da Câmara dos Deputados rejeitou projeto do deputado Jorginho Mello (PR-SC) que propõe reduzir de 20% para 10% a parcela da receita de contribuições dos conselhos regionais de técnicos em administração (CRTAs) a ser transferida para o respectivo conselho federal. Já aprovado pela Comissão de Trabalho, agora será analisado pela de Constituição e Justiça e depois pelo Plenário.

Terrenos de marinha
Assunto que interessa milhões de brasileiros, dos quais 90 mil catarinenses: na volta do recesso, será analisado por três comissões o projeto de decreto legislativo 581/17, do senador Dário Berger (PMDB-SC), que susta a aplicação de polêmica norma editada pela Secretaria do Patrimônio da União em 2001 sobre demarcação de terrenos de marinha e todos os processos administrativos demarcatórios que tenham utilizado aquela norma, por contar vícios de legalidade, entre eles de apor-se à lei federal 9.784/99, por não respeitar o domínio dos bens transferidos legalmente a entidades públicas e privadas, por autorização legislativa.

Fontes limpas 1
O programa do governo do estado para incentivar os investimentos em geração de energia de fontes limpas e renováveis, o SC+Energia, completou dois anos, com 90 empreendimentos cadastrados, dos quais cinco empreendimentos de energia eólica. O maior é o Complexo Eólico Lagunar, que prevê investimento de R$ 2,4 bilhões e terá potência de 568 MW, o suficiente para atender 2,3 milhões de habitantes. Aguardava licença ambiental desde 2013.

Fontes limpas 2
O governo não diz, mas é provável que ali também ecochatos de bar, passeata e gabinete refrigerado tentaram espantar o projeto com a insana alegação de que as pás do equipamento seriam um obstáculo à migração de pássaros. Foi o risível motivo que quase impediu a instalação de uma pequena usina em Bom Jardim da Serra e um complexo em Água Doce, no Oeste. Será que os pássaros não sabem, na imensidão do espaço, desviar de tais “obstáculos”. Nisso parecem ser mais inteligentes que alguns conhecidos ecologistas.

Barbárie 
Torcedor invadir o vestiário do clube para, sob ameaça física, exigir empenho e vitórias, como registrado sábado no estádio Orlando Scarpelli, do Figueirense, em Florianópolis, mostra que nosso futebol está caminhando para a barbárie.

DETALHES

  Se a Operação Lava-Jato vale à pena? Lógico que sim. Um dos vários motivos: entre 26 de junho e 6 de julho, Braskem, Andrade Gutierrez e Marcelo Odebrecht restituíram, juntos, R$ 903,9 milhões aos cofres públicos, em cumprimento às obrigações assumidas nos acordos feitos com o Ministério Público Federal.

   O Tribunal Regional Federal da 4ª Região dará ao prédio-sede da Seção Judiciária da Justiça Federal de SC o nome do desembargador federal catarinense Otávio Roberto Pamplona, falecido em abril deste ano aos 51 anos.

 

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio