Moradores do Santa Terezinha protestam para cobrar solução quanto aos alagamentos

Com faixas em mãos e apitos, grupo fechou a rua Santos Dumont por volta das 17h de segunda-feira, 20 de janeiro

Moradores do Santa Terezinha protestam para cobrar solução quanto aos alagamentos

Com faixas em mãos e apitos, grupo fechou a rua Santos Dumont por volta das 17h de segunda-feira, 20 de janeiro

De maneira pacífica, os moradores da localidade de Bacia, das ruas George Boettger, Santos Dumont e suas transversais e comerciários do bairro Santa Terezinha promoveram uma manifestação na tarde desta segunda-feira, 20 de janeiro.

Eles protestaram contra os alagamentos que ocorrem em dias de enxurradas e reclamaram da paralisação das obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Por volta das 17h, alguns moradores se reuniram em frente ao Supermercado Archer, de onde saíram somente próximo às 19h. Com faixas em mãos e apitos, invadiram a rua para chamar a atenção das autoridades.

Galeria
Segundo uma das organizadoras do manifesto, Rosane Feltrin, a intenção inicial era colocar fogo em pneus para fechar o trânsito. “Mas a Polícia Militar veio e nos orientou a não fazer dessa maneira, pois seria considerado ato de vandalismo. Então nos organizamos e fechamos a via por alguns minutos e abríamos para o trânsito fluir”, conta. 

Entre as insatisfações dos moradores, as obras do PAC se destacam. “Nosso problema com os alagamentos existe há mais de 30 anos e, há dois anos começaram essas obras e fazem 150 metros e param”, detalha Rosane. 

A Polícia Militar, o Pelotão de Patrulhamento Tático (PPT) e a Guarda de Trânsito de Brusque (GTB) permaneceram durante todo o protesto no local para orientar os manifestantes e os motoristas. 


>> Leia matéria completa na edição do Jornal Município Dia a Dia desta terça-feira, 21 de janeiro
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio