Moradores pedem providências ao poder público para problemas na tubulação

Há um ano, autoridades foram até o local verificar os problemas, mas até agora moradores esperam por uma solução

Moradores pedem providências ao poder público para problemas na tubulação

Há um ano, autoridades foram até o local verificar os problemas, mas até agora moradores esperam por uma solução

Alagamentos, esgoto no meio da rua e muito transtorno. Essas são algumas das dificuldades enfrentadas sempre que chove acima do normal na rua José Rothermel, bairro Guabiruba Sul, em Guabiruba. Há um ano, autoridades foram até o local verificar os problemas com a tubulação, mas até agora moradores esperam por uma solução.
“No ano passado recebemos a visita e o apoio de dois vereadores, que se propuseram a nos ajudar diante dessa situação, mas até agora a prefeitura não tomou nenhuma providência”, reclama o morador Paulo Sergio Rocha.

Segundo ele, depois de uma reportagem do Municipio Dia a Dia, publicada em 13 de fevereiro de 2014, a prefeitura mandou funcionários até o local para fazer as medições da rua e sugeriu a troca da tubulação, e desde então nunca mais teve informações sobre esse caso.

A tubulação da rua José Rothermel está parcialmente destruída, por isso, toda vez que chove, a água escoa por uma vala, formando um pequeno riacho. Quando acontece uma enxurrada, ela transborda, trazendo junto parte do esgoto para o meio da rua e para dentro da casa dos moradores.

Segundo Matias Kohler, prefeito de Guabiruba, o problema é mais complexo do se esperava. “O ideal seria a construção de uma galeria na rua principal para o escoamento dessa água. Isso resolveria grande o problema. Mas esse trabalho é muito caro, dificilmente conseguiríamos fazer por causa do alto custo” revela.

O prefeito destacou que nesse último ano foram estudadas algumas melhorias que poderiam ser feitas no local e espera que até o fim deste ano possam chegar a uma solução que seja benéfica a todos os moradores. O vereador Valdecir Gomes Ferreira, o Boiadeiro, esteve na rua no ano passado para conferir de perto o problema. “O fato é que precisa ser feita uma nova tubulação, se a prefeitura não tem como arcar com a obra temos que achar uma outra solução, quem sabe com a participação dos próprios moradores. O que não podemos é deixar todos nessa situação”, reclama.

Segundo Rocha, a água da chuva começou a ficar represada na vala depois que duas empresas aterraram seus terrenos para construir. Mas diante dos problemas enfrentados pelos moradores, os dois proprietários já se dispuseram a ceder parte da propriedade para a construção de uma nova tubulação.
Enchentes

Com a chegada do verão, com dias ensolarados e noites de temporais, os alagamentos têm sido cada vez mais frequentes na rua José Rothermel. Rocha revela que no últimos ano precisou trocar a brita da casa, pois depois que a água desce, parte do esgoto ficava no seu quintal, incluindo fezes e pequenos animais mortos, e isso causava mal cheiro.

“Em períodos de estiagem, por exemplo, essa vala fica com água parada. Atualmente, cidades vizinhas enfrentam um surto de dengue e isso aqui é propício para o desenvolvimento do mosquito”, lamenta.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio