Morre o primeiro campeão catarinense de 1992 com a camisa do Brusque

Jair Bala faleceu no último sábado (22), em uma casa de praia no Rio Grande do Sul

Morre o primeiro campeão catarinense de 1992 com a camisa do Brusque

Jair Bala faleceu no último sábado (22), em uma casa de praia no Rio Grande do Sul

A torcida brusquense está em luto desde o último sábado (27) , quando perdeu um dos principais ícones da história do Brusque FC. Faleceu na região de Caxias do Sul, aos 47 anos, o ídolo Jair Bala. O ex-atacante anotou o primeiro gol na final do título mais importante do Brusque até hoje: a do Campeonato Catarinense de 1992. O ex-atleta foi encontrado por um irmão em uma residência de praia, já falecido, vítima de infarto.

A informação da morte do jogador chegou a Brusque apenas durante a semana por meio do ex-companheiro de clube do atleta e também campeão de 1992, Soliz Queiroz Duarte, o Soliz. ‘Fiquei sabendo na terça-feira (25). Meu irmão falou com o irmão dele e teve a informação de que ele sofreu um infarto fulminante. Foi encontrado morto na casa de praia pelo próprio irmão quando este foi acordá-lo”, explicou Soliz, que atualmente é treinador de futebol no Santos Dumont.

O ex-companheiro do jogador lembra que Jair Bala era um atleta carismático, de perfil alegre. Destaca que manteve uma história de amizade com o ex-atacante que ultrapassou os limites dos campos de futebol. “É uma pessoa que, acima de tudo, era meu amigo. Um cara fantástico que fez história com a camisa do Brusque. Foi um grande jogador. Uma pessoa que morre nova, o que nos entristece muito”, declara o jogador.

O ex-atacante Neilor, companheiro de ataque de Jair Bala em 1992, caracteriza o ex-atleta ‘como uma pessoa simples, que transmitia alegria, e por isso ganhou um carinho especial da torcida.Segundo ele, foram vários momentos marcantes ao lado do atleta. O principal, como não poderia deixar de ser, foi o do título catarinense, em 13 de dezembro de 1992. “Foi um ano que a gente se uniu muito e conversávamos bastante. Um grupo que deu certo e me deu a maior alegria da minha vida, coisa que eu não troco por dinheiro nenhum”, comenta.

O presidente Danilo Rezini diz que o Brusque FC está enlutado neste momento em razão da perda ‘daquele que lutou e sempre se dedicou em prol das cores do clube’. “Estamos consternados em razão da morte de uma pessoa de extrema importância para a história do Brusque FC. Um cara novo e pessoa de grande trajetória também em sua vida particular”.

Veja na edição impressa desta sexta-feira (28) a reportagem completa com a repercussão da morte de Jair Bala.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio