Morte de jovem espancado no Poço Fundo é esclarecida pela Polícia Civil

Jonathan Franz morreu depois de dois meses internado da UTI, no Azambuja

Morte de jovem espancado no Poço Fundo é esclarecida pela Polícia Civil

Jonathan Franz morreu depois de dois meses internado da UTI, no Azambuja

Um crime que ocorreu no fim de setembro, no bairro Poço Fundo, foi esclarecido pela Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Brusque. 

A investigação teve início apenas dois meses depois, com a morte do jovem Jonathan Franz, 20 anos. Três agressores foram identificados pela polícia. 

De acordo com o delegado Alex Bonfim Reis, todos os envolvidos estavam em um churrasco e, a partir de uma mensagem de texto no celular iniciou uma discussão. 

– Os próprios agressores e testemunhas relataram que estavam todos completamente embriagados. Certo momento, alguém teria recebido uma mensagem e começaram a discutir -, conta Reis.

Almir Carmo dos Santos, 25 anos, Pablo Souza Nunes, 22, e Flávio, foram identificados como os agressores. Segundo o delegado, com a briga, eles perseguiram Franz e começaram a agredi-lo. 

– Inclusive, as principais lesões dele foram na cabeça e uma das pancadas, foi com o cabo de enxada -, diz o delegado. 

Franz ficou internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Azambuja por dois meses e, devido a gravidade das lesões, morreu em 25 de novembro. 

– Caso não morresse, ficaria em estado vegetativo, devido ao quadro de saúde dele -, comenta Reis.

Segundo o delegado da DIC, Alex Bonfim Reis, os agressores responderão pelo crime de lesão corporal seguida de morte.  

Os três agressores devem responder em liberdade pelo crime, devido ao tempo que se passou do crime.

– Eles também colaboraram com as investigações, prestaram depoimento, esclareceram os fatos. Todos eles trabalham e, nesse momento, não temos mais motivos para pedir a prisão desses envolvidos -, informa Reis.

>> Leia matéria completa na edição de terça-feira, 18 de fevereiro
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio