Mulher é presa ao ajudar marido a esfaquear homem em frente à escola do Nova Brasília

Carlos Roberto Vorgerau, 44 anos, fugiu do local após deixar Martone de Jesus gravemente ferido

Mulher é presa ao ajudar marido a esfaquear homem em frente à escola do Nova Brasília

Carlos Roberto Vorgerau, 44 anos, fugiu do local após deixar Martone de Jesus gravemente ferido

Andreia Ivone Atanazio, 41 anos, foi presa em flagrante por tentativa de homicídio. O marido dela, Carlos Roberto Vorgerau, 44, fugiu do local após esfaquear Martone de Jesus, 31, com um facão. O crime ocorreu por volta das 11h46, em frente a Escola de Ensino Fundamental Nova Brasília, na rua Ervino Niebhur, no Nova Brasília.

O Corpo de Bombeiros esteve no local e encaminhou a vítima ao Hospital Azambuja, onde permanece internado em estado grave devido aos cortes na cabeça e na mão, mas está estável.

A Polícia Militar foi acionada e encontrou Andreia no local, que tentava pegar o filho que estava na escola. Algumas testemunhas informaram para os policiais que Vorgerau fugiu em um veículo Fusca, em direção ao bairro Limeira, em que estava outro homem esperando na direção.

Próximo ao local do crime os policiais encontraram um facão utilizado para agredir a vítima. O Instituto Geral de Perícias (IGP) foi ao local para realizar os procedimentos necessários.

O delegado de plantão, Ricardo Marcelo Casarolli, oficiou o médico legista ainda durante a tarde para comparecer ao hospital e atestar a gravidade das lesões. Algumas testemunhas estiveram na delegacia durante a tarde e frisaram para o delegado a participação de Andreia no crime.

“Como o procedimento pode demorar, então pelas provas que recebi e pelas imagens feitas no local que mostram o casal agredindo a vítima, decidi autuar a mulher por tentativa de homicídio em coautoria do marido, que está foragido”, informa.

Segundo o delegado, o atestado do médico legista pode afirmar algo diferente, mas que poderá ser retificado mais tarde no processo. Mas, inicialmente, tudo indica que o crime foi praticado em coautoria. Andreia deverá ser encaminhada para o presídio regional de Tijucas e o procedimento será lavrado e encaminhado para a justiça. A motivação do crime ainda não foi revelada.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio