Na melhor partida da temporada, Brusque goleia Inter em Lages

Vitória por 3 a 0 mostrou força do quadricolor, que tem o Corinthians como próximo compromisso

Na melhor partida da temporada, Brusque goleia Inter em Lages

Vitória por 3 a 0 mostrou força do quadricolor, que tem o Corinthians como próximo compromisso

O Bruscão conquistou uma vitória maiúscula jogando fora de seus domínios. Na melhor partida da temporada e jogando contra um apático Internacional de Lages, o Quadricolor do Vale venceu por 3 a 0. Os gols de Belusso, Ricardo Lobo e Michel Douglas mostraram a força da equipe de Pingo que terá como próximo compromisso o Corinthians, na quarta-feira, pela Copa do Brasil

Visita abusada

Os primeiros 45 minutos de partida ficaram na mão do Brusque. A equipe de branco até passou alguns sufocos, mas contando também com atuação ruim dos homens de meio campo do colorado, o adversário não foi páreo. Mesmo assim, faltava ao time um passe de mais qualidade lá na frente. Apesar de jogar em casa, o Inter começou a partida assistindo a troca de passes adversária.

Na maior parte do campeonato como reserva, Boquita fez boa partida com a titularidade. Não só combatendo o ataque do Leão Baio, mas também acertando bons passes e lançamentos. Willames foi seguro substituindo Clayton, lesionado, e deu muito trabalho ao Inter.

Com tanta dedicação em campo, os visitantes foram premiados. João Carlos recebeu bola na entrada da área, tirou de dois adversários, correu para o fundo e tocou rasteiro. O homem com faro de gol do Bruscão, Belusso, ganhou da defesa na corrida e cutucou ela para as redes aos 37 minutos.

Pouco antes de o árbitro apitar o fim do primeiro tempo, a partida teve lance polêmico que deixou a torcida lageana furiosa. A bola foi jogada para a área com força e Willames tocou com o braço nela. O árbitro nada deu e, para desgosto dos torcedores locais, o time vermelho e branco saiu derrotado na etapa inicial.

Botou na roda

O Brusque não se satisfez com o gol único na primeira etapa. Notando a fragilidade adversária, partiu para cima e já desde os minutos iniciais ameaçou a meta de Neto Volpi. O goleiro foi inclusive responsável por evitar uma goleada ainda mais elástica.

Aos 4 minutos, a bola já estava na rede colorada. Na inteligência, uma falta perto do meio-de-campo foi cobrada com velocidade e Ricardo Lobo foi lançado cara a cara com Neto Volpi. Aí o camisa 9 não perdoou e meteu lá dentro, frustrando ainda mais a torcida local.

O Inter passou a pressionar e, vendo isso, Pingo decidiu que queria mais. Ao invés de apostar em mais defensores, ele colocou o meia Assis e o atacante Michel Douglas. O resultado foi o gol na jogada em que ambos participaram: Assis lançou Lobo que tocou para Michel marcar, aos 37 minutos. A torcida local passou a vaiar o próprio time e a gritar olé com os passes do time adversário. Aos 47, o árbitro decretou o fim da partida.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio