Novo edital do Fundo de Apoio à Cultura destinará R$ 50 mil a projetos em Guabiruba

Moradores do município há pelo menos dois anos podem se inscrever até 23 de abril

Novo edital do Fundo de Apoio à Cultura destinará R$ 50 mil a projetos em Guabiruba

Moradores do município há pelo menos dois anos podem se inscrever até 23 de abril

Durante a apresentação dos trabalhos contemplados com recursos do Fundo Municipal de Apoio à Cultura de 2017, na noite de terça-feira, 20, no salão nobre da prefeitura, o governo municipal de Guabiruba, por meio da Fundação Cultural, lançou a 6ª edição do edital do fundo. As inscrições ficam abertas até 23 de abril.

A novidade deste ano é a categoria novos talentos, destinada aos interessados que não possuem currículo cultural, cujo valor do projeto nas áreas de teatro, dança, circo, música, audiovisuais, literatura, patrimônio material e imaterial, artes populares, artesanato, artes visuais, cursos, intercâmbios, artes gráficas e artes integradas pode chegar a R$ 5 mil. Já a categoria profissional pode receber até R$ 10 mil para trabalhos nas mesmas áreas.

Os recursos destinados totalizam R$ 50 mil. A superintendente da Fundação Cultural de Guabiruba, Jucilene Regina Schmidt, reforça que os proponentes dos projetos devem residir no município há pelo menos dois anos. “É importante a leitura do edital, pois nele consta os procedimentos e o passo a passo de todo o processo”. O edital está disponível no site da prefeitura: www.guabiruba.sc.gov.br.

A superintendente também destaca a importância da prestação de contas feitas ao público. “Todo ano os contemplados realizam a prestação de contas para a fundação e também devem participar do evento público para mostrar à cidade suas produções culturais. Assim é possível disseminarmos a cultura e incentivarmos a construção de novos projetos”, pontua Jucilene, referindo-se ao evento de terça-feira à noite, quando os contemplados com recursos em 2017 explicaram como executaram seus projetos e o resultado dos mesmos.

Jenifer Schlindwein pesquisou e criou a peça teatral “Escutaqui”, Méroli Habitzreuter lançou o livro “O Canto do Cisne” e Emiliano Daniel de Souza executou o projeto “Um, dois, três: canto e conto com vocês!”. O maestro Sidinei Ernane Baron lançou o livro “Melodien Von Guabiruba” e Francisco Schaefer recebeu auxílio para ampliar a minicidade.

Durante o evento de apresentação dos trabalhos, o vice-prefeito Valmir Zirke, enalteceu o envolvimento cultural dos artistas e o talento. “Guabiruba é conhecida pela valorização cultural e essas obras fortalecem e diversificam as manifestações culturais da cidade”.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio