Núcleo Jovem da Acibr conscientiza população sobre carga tributária

17º Feirão Feirão do Imposto durou cinco dias e terminou no sábado

Núcleo Jovem da Acibr conscientiza população sobre carga tributária

17º Feirão Feirão do Imposto durou cinco dias e terminou no sábado

O Dia D do 17º Feirão do Imposto ocorre neste sábado, 25, em Brusque. Promovido pelo Núcleo de Empreendedores Jovens da Associação Empresarial de Brusque (Acibr), o evento conta com várias ações para conscientizar a população sobre a alta carga tributária no Brasil.

Neste sábado, integrantes do núcleo estiveram espalhados por Brusque. Três deles ficaram no Shopping Gracher até 14h para explicar a quem passava pelo local o peso que os impostos têm no dia a dia de todos.

Por meio de cartazes, o grupo buscou mostrar a carga sobre cada produto. Uma moto Honda XRE 300, cujo custo é de R$ 21.030, sairia por R$ 7.582,80 se fosse completamente isenta de tributação.

Outros exemplos também foram dispostos: um iPhone 4 que é vendido por R$ 2 mil tem carga tributária de 39,80%, ou seja, seu custo bruto é de R$ 1.204. Um copo de cerveja de R$ 6 sem os tributos sairia R$ 2,71.

Além da parte gráfica, o núcleo também mostrou na prática. A cada pessoa que parava era oferecido um copo de chope sem impostos. O copo era então enchido só até menos da metade, para mostrar que o restante é imposto.

“As pessoas ficam muito impressionadas”, comenta Robson Coldebella, um dos integrantes do grupo. “As pessoas até sabem da carga tributária, mas não têm noção”, completa Mariane Groh.

Cesar Burnardo Neto destaca que o Feirão do Imposto é uma iniciativa dos empresários, ou seja, o governo não abriu mão de arrecadar nada. Esse tipo de questionamento foi feito durante o tempo em que estiveram no Gracher. “É tudo subsidiado pelo empresário”.

O Núcleo Jovem também marcou presença no River Mall, com ação para conscientizar a população. Na Uvel, um carro foi içado com uma faixa onde constava a sua a carga tributária.

Cartaz mostra algumas carga tributárias | Foto: Marcos Borges

Além disso, na Felog, na Treviso e na ponte estaiada Irineu Bornhausen mostraram, no horário do meio-dia, quanto de imposto já havia sido arrecadado no país, estado e município.

Moto custa quase três vezes mais devido aos impostos | Foto: Marcos Borges

Produtos isentos
O Feirão também realizou a comercialização de alguns produtos sem impostos. O Posto Mime (filial 5), na avenida Lauro Muller, vendeu 3 mil litros de combustível sem tributação, limitado a 20 litros por veículo.

A Sassipan e a Moriá venderam pão francês sem impostos até as 18h deste sábado.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio