Ovos de colher impulsionam vendas de Páscoa em Brusque

Produto foi um dos mais procurados em estabelecimentos do município; veja as opções

Ovos de colher impulsionam vendas de Páscoa em Brusque

Produto foi um dos mais procurados em estabelecimentos do município; veja as opções

Os ovos de colher foram a sensação da Páscoa deste ano em Brusque. Em três estabelecimentos consultados pela reportagem, a procura pelos chocolates ‘gourmetizados’ foi responsável por impulsionar o movimento.

Na Cacau Show, por exemplo, houve crescimento de 40% nas vendas. Já a panificadora Sassipan comercializou o dobro de unidades em relação à expectativa inicial. No Vô Paza, o balanço foi positivo e superou o ano anterior.

A proprietária da franquia da Cacau Show de Brusque, Suellen Marchi Dias, conta que o estoque dos ovos de colher acabou dois dias antes do planejado. O produto foi disponibilizado em três sabores – três metades com recheios de Romeu e Julieta, Brigadeiro e Merengue com Morango. A empresa lançou apenas um produto, de 440 gramas, que custou R$ 58,90.

“É um dos chocolates mais procurados, pois é um ovo mais gourmet, com layout diferente e com uma colher de metal personalizada”.

No primeiro ano que a Sassipan apostou nas vendas de ovos de colher, o resultado não poderia ser melhor: foram vendidos 450 ovos, o dobro do que se esperava. Foram elaborados três produtos. O primeiro era generoso em número de sabores: Brownie com Nozes, Brigadeiro Trufado, Leite Condensado cozido e Oreo; o segundo era de Bolo de Cenoura com Brigadeiro Trufado e o terceiro de Bolo Red Velvet com Brigadeiro Trufado Branco. O último da lista é um bolo mais úmido com massa avermelhada, muito consumido nos Estados Unidos.

Entre as versões vendidas, estavam dois ovos de 170 gramas vendidos, juntos, por R$ 63, com sabores diferentes. A outra opção era o maior, de 750g, a R$ 79. “Foi o primeiro ano que decidimos inovar e nossa preocupação foi colocar sabores que são tradicionais da panificadora, que os clientes já conhecem”, explica a gerente de Marketing, Sara Caetano Sassi, acompanhada da gerente de Produção, Joseane Caetano Sassi.

No Vô Paza foram vendidos neste ano 350 unidades de ovos de colher de sabores como Kit Kat, Kinder Ovo, Leite Ninho com Nutella, Brigadeiro, Bolo de Cenoura, Tequila com Pimenta, Maracujá, Cerveja, Cocadinha e Amendoim. Cada unidade tinha 450 gramas, vendidas por R$ 45.

“É um produto completamente diferente, pois tem recheio e uma decoração bonita. É um presente especial que o cliente sempre compra uma ou duas unidades”, diz o proprietário Andrei Paza.

Doação de ovos
Assim como em outros anos, a Cacau Show fez a doação de ovos da Páscoa para instituições carentes de Brusque, Guabiruba e São João Batista. Em 2017 foram doados mais de 1,4 mil ovos.



Queda nas vendas no país

As vendas de Páscoa caíram 1,7% em relação ao ano passado no Brasil. Os dados são do Indicador Serasa Experian de Atividade do Comércio e o levantamento foi de 10 a 16 de abril. No fim de semana da Páscoa (14 a 16 de abril), a queda foi maior: 4,7% em todo o país na comparação com o final de semana equivalente ao do ano anterior (25 a 27 de março).

Por outro lado, o levantamento do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) mostra que o volume de vendas a prazo na semana anterior à Páscoa cresceu 0,93% ante o mesmo período do ano passado.

Trata-se da primeira alta depois de dois anos seguidos de queda nas vendas do comércio durante a Páscoa. Em 2015, houve uma queda de 4,93%, e em 2016 um tombo de 16,81%, segundo os dados da pesquisa.

De acordo com os economistas da Serasa Experian, o desempenho das vendas da Páscoa deste ano foi menos negativo do que no ano passado. “Isto sinaliza que poderá ocorrer uma recuperação das vendas do varejo, voltando ao território positivo ainda neste semestre. O forte recuo da inflação e o atual movimento de redução das taxas de juros deverão impulsionar este movimento”.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio