Pe. Adilson José Colombi

Professor e doutor em Filosofia - padreadilson@omunicipio.com.br

Caminho Sinodal

Pe. Adilson José Colombi

Professor e doutor em Filosofia - padreadilson@omunicipio.com.br

Caminho Sinodal

Pe. Adilson José Colombi

Em outubro, próximo mês, a Igreja promove a Primeira Assembleia Sinodal, em Roma. A Segunda acontecerá em outubro do próximo ano. Mas, o que vem ser um Sínodo, segundo a Igreja Católica. A palavra “sínodo” vem do grego. Deriva do verbo grego synodéo que pode ser traduzido: fazer um caminho com alguém. Para a Igreja, é a reunião dos Bispos, convocada pelo Papa, para consultas e/ou deliberações, desde que sejam aprovadas pelo pontífice. Cada Sínodo, normalmente, tem uma temática própria como ponto de referência para as reflexões, orações, falas, discussões, debates…

Esse próximo Sínodo já começou em 2021 e já foi estudado e refletido em toda a Igreja, em suas várias instâncias que servem como suporte para a vida eclesial do Povo de Deus. Em outubro haverá, portanto, um conjunto de Bispos, eleitos e indicados pelo Papa, para uma assembleia geral com o Papa, em Roma, para, a partir de toda a reflexão realizada em todas as instâncias, chegar a algumas conclusões que podem ser aprovadas ou não pelo Papa e colocadas à disposição de toda a Igreja.

Foi o próprio Papa Francisco que convocou o Sínodo e lhe propôs como tema “Por uma Igreja sinodal: comunhão, participação e missão”. Nesse Sínodo, por iniciativa do próprio Papa Francisco tema pretensão de escutar todas as pessoas do mundo inteiro. Seja as que fazem parte da vida da Igreja como também outras que têm outra perspectiva de vida de fé ou mesmo não têm qualquer vínculo com religião alguma. O desejo do Papa é “escutar” a voz do povo. Em outras palavras, escutar o que o Espírito Santo, por meio das pessoas tem a apontar e aprender a “caminhar juntos” (sinodalidade) com a Humanidade, atenta às alegrias e aos sofrimentos do momento histórico presente, sempre à luz da Palavra de Deus.

Na verdade, a sinodalidade é o estilo próprio da Igreja de caminhar junto e em conjunto, na vida e na missão do Povo de Deus, escutando o Espírito Santo. O próprio Ressuscitado, antes de voltar para junto do Pai prometeu que pediria ao Pai que enviasse o Advogado, o Defensor, o Paráclito, o espírito da Verdade que, com Ele, estaria presente na vida e na missão, no caminhar do Povo de Deus da Nova Aliança, até o final dos tempos. A Igreja é esse povo peregrino e missionário que é convidado sempre a caminhar juntos, na construção da Boa Nova do Reino.

Então, a sinodalidade ou o caminho sinodal não é, apenas, uma ideia ou um projeto de vida, mas o estilo peculiar da Igreja realizar sua missão no mundo. Cada membro do Povo de Deus chamado a desempenhar sua vocação e missão, em conjunto com os irmãos (ãs) de caminhada, tendo como ponto de referência Jesus: o Caminho, a Verdade e a Vida.

O objetivo do Sínodo, portanto, é escutar o Espírito Santo, a fim de que todo o Povo de Deus, em conjunto como caminhar ou prosseguir na vivência da missão de encontrar respostas para os problemas da Humanidade, neste momento histórico, sem se afastar da Proposta de Vida que Jesus nos trouxe da parte do Pai. O Caminho Sinodal é, portanto, a escuta do Espirito Santo para discernir o que Ele está dizendo à Igreja, nos tempos atuais. Escutar e discernir os sinais dos tempos.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo