Planeja Brusque 2040 apresenta sugestões para mobilidade

Vias e transporte foram os assuntos mais debatidos na reunião

Planeja Brusque 2040 apresenta sugestões para mobilidade

Vias e transporte foram os assuntos mais debatidos na reunião

O final da tarde de segunda-feira, 30 de julho, a Associação Empresarial de Brusque (Acibr) promoveu mais um encontro do grupo Planeja Brusque 2040.  
O encontro, contou com empresários e gestores públicos na plateia do Teatro do Centro Empresarial, Social e Cultural (Cescb), que assistiram propostas feitas pelo professor Ozinil Martins de Souza e por Alexandre Gevaerd, diretor presidente do Instituto Brusquense de Planejamento e Mobilidade Urbana. 
A conversa começou com o professor Ozinil Martins de Souza, que expôs projeções para a Brusque de 2040. Até lá, a previsão é que a cidade chegue a 220 mil habitantes e uma frota de 178 mil veículos. Como a cidade é feita de pessoas, o professor sugere ações pontuais, a começar pela educação para trânsito e mudanças nas formas de locomoção.
– Estamos caminhando para o caos. E só existe um jeito de fazer com que as pessoas usem o transporte coletivo: oferecendo transporte coletivo com qualidade – sentenciou Souza. 
Já o diretor-presidente do Ibplam, Alexandre Gevaerd falou sobre as propostas de modificação no trânsito da cidade. Entre as ideias apresentadas, estavam a implantação das binárias (vias paralelas para que o fluxo de veículos corra em único sentido) e o ponto central, que seria a projeção de um anel viário no entorno da cidade. 
– Brusque está em um momento ímpar, desenvolvimento muito grande. Na última década crescemos 3,6%, que é um índice altíssimo, muito maior que as cidades no entorno. A frota é a campeã do estado, então requer que a cidade pare e repense esse status. 
**Na edição de quarta-feira, 1º de agosto, saiba mais sobre as propostas no Planeja Brusque 2040 na edição impressa. 
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio