Conteúdo exclusivo para assinantes

Prefeitura de Brusque propõe reaproveitamento de uniformes antigos em 2018

Medida tem como objetivo economizar recursos e a sustentabilidade, diz secretária

Prefeitura de Brusque propõe reaproveitamento de uniformes antigos em 2018

Medida tem como objetivo economizar recursos e a sustentabilidade, diz secretária

A Secretaria de Educação de Brusque aguarda a finalização de laudo técnico do Senai para efetuar a compra dos uniformes que serão distribuídos para os alunos da rede municipal neste ano letivo.

O laudo é necessário porque a licitação para a aquisição dos uniformes foi contestado por empresa e, por isso, a pasta contratou a instituição para fazer uma análise técnica do material previsto no edital.

A secretária Eliani Busnardo Buemo afirma que somente após a finalização da análise será possível dar continuidade ao processo de compra.

Neste ano, o número de peças adquiridas pela prefeitura deve ser menor. Eliani explica que enquanto aguarda o laudo, a secretaria solicitou que as escolas fizessem um levantamento dos alunos que não têm uniforme e realmente precisam das peças.

Segundo ela, a partir deste levantamento, a prefeitura adotará o sistema de reutilização dos uniformes, para evitar situações de descarte irregular, como noticiada por O Município no início deste mês, quando uniformes da rede municipal foram encontrados em um lixão no bairro Limeira.

“Tenho depoimento de uma gestora de que só na escola dela tem, no mínimo, 50 jaquetas que podem ser reutilizadas. Precisamos ter essa consciência. Falamos tanto de sustentabilidade, então não podemos ficar todos os anos fazendo uma compra que talvez não atenda a nossa real necessidade”, justifica.

A secretária destaca que podem ser reutilizados de um ano para o outro jaquetas, bermudas e calças, que tem uma durabilidade maior. “Não queremos que fique pairando que a administração vai fazer distribuição de uniformes usados, longe disso, o que queremos é uma conscientização, sobretudo a partir de fatos concretos, uniformes que estavam em bom estado jogados no lixo. É dinheiro público que de certa forma está indo para o lixo também.”

A secretaria aguarda o levantamento de quantos alunos necessitam de uniforme e a conclusão do laudo para efetuar a compra, em um número menor do que no ano passado. Em 2017, prefeitura investiu em torno de R$ 1,8 milhão na compra dos uniformes de inverno e verão para todos os alunos da educação infantil, ensino fundamental e médio.

Neste primeiro momento, a aquisição será de peças de verão. Eliani afirma que o uniforme será do mesmo modelo utilizado no ano passado. Também é possível que aqueles que têm os uniformes antigos, na cor vermelha, voltem a utilizá-los. “Se tiver em boas condições, pode usar. Não há nenhuma determinação para que não se use.”

Conteúdo exclusivo para assinantes

Quero assinar com preço especial
[Acesse aqui]

Sou assinante

Sou assinante do impresso,
mas não tenho login
[Solicite sem custo adicional]

Tire suas dúvidas, em horário
comercial, pelo (47) 3351-1980

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio