Tubulação de esgoto quebrada gera transtornos na rua Nicolau Lauritzen

Morador teve casa inundada pela água há três semanas. Secretaria de Obras deve avaliar o caso até final de semana

Tubulação de esgoto quebrada gera transtornos na rua Nicolau Lauritzen

Morador teve casa inundada pela água há três semanas. Secretaria de Obras deve avaliar o caso até final de semana

Um rio de esgoto. É isso que os moradores da rua Nicolau Lauritzen, no bairro Guarani, enfrentam em todos os dias de chuva, há quase três semanas. No dia 26 de dezembro, um cano da rede pluvial quebrou e formou um riacho que corre em frente a algumas casas da rua. O músico Marcos Fumagalli, que mora ali com a esposa e o filho pequeno, foi surpreendido pela água que invadiu sua casa logo depois do natal.
A tubulação passa por baixo da casa dele, por isso, foi o maior prejudicado nessa situação. “Ao ver toda aquela água e esgoto eu entrei em contato com a defesa civil. Em seguida, falei com a secretaria de obras, mas eles não puderam fazer nada pois estavam de férias. Então, desde o dia 27 de dezembro, toda vez que chove, ou seja, quase todos os dias, a água invade a nossa casa”, conta. Para impedir que a água ficasse retida em sua varanda, ele precisou fazer um buraco no muro de sua casa. “Na primeira vez eu já perdi alguns móveis e eletrodomésticos, então precisei dar um jeito para isso não acontecer novamente”, completa.

Segundo o secretário de obras de Brusque, Gilmar Vilamoski, esse caso chegou ao conhecimento dele na terça-feira, 13, e que até o momento ainda não foi possível fazer uma avaliação do problema.
“Por conta das enxurradas que aconteceram na cidade nos últimos dias, a prioridade da secretaria é arrumar vazamentos que estão interrompendo as vias públicas, que também foram danificadas durante os temporais. Essa tubulação passa por baixo da casa desse morador e por isso precisamos ir até o local com uma equipe para fazer uma análise mais detalhada do que deverá ser feito. Acredito que até o final de semana conseguiremos ir até lá e em seguida tomaremos as providências para resolver o problema”, explica o secretário.

Para impedir que o esgoto invada sua residência novamente, ele precisou fazer buracos no muro
Para impedir que o esgoto invada sua residência novamente, ele precisou fazer buracos no muro.  Foto Aline Kroetz

Mas de acordo com os moradores da rua Nicolau Lauritzen, essa não é a primeira vez que esse tipo de problema acontece no local. Em janeiro do ano passado, Valdeci Fumagalli, pai de Marcos, precisou colocar areia na saída de casa, depois que a tubulação arrebentou na residência de um outro vizinho e a água que passava em frente ao seu portão impedia que ele saísse de carro.

“Isso já aconteceu em diferentes pontos do bairro e agora foi na casa do meu filho. Os canos são antigos, então a prefeitura sempre vem aqui, remenda e eles acabam quebrando novamente. Para melhorar isso, só colocando tudo novo”, reclama.

Tubulação passa por baixo da casa de um morador, que teve a varanda de casa danificada e a casa invadida pelo esgoto
Tubulação passa por baixo da casa de um morador, que teve a varanda de casa danificada e a casa invadida pelo esgoto. Foto Aline Kroetz

Maria Tomas, que vive há 32 anos no local, relata que ela e o marido também já tiveram problemas causados pelas tubulações que quebram constantemente. “O esgoto já entrou aqui em casa. Assim como está acontecendo agora, daquela vez a rua também parecia um riacho. O pior é que isso é uma mistura de esgoto com a água da chuva, então as pessoas que passam por aqui, a pé ou de bicicleta, acabam entrando em contato com essa água”, revela.

Sugestão do leitor

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio