Venda de smartphones continua satisfatória em Brusque

Desempenho no município vai na contramão do recuo de 13,4% no país em 2015, segundo a IDC

  • Por Redação
  • 11:06
  • Atualizado às 16:03

Venda de smartphones continua satisfatória em Brusque

Desempenho no município vai na contramão do recuo de 13,4% no país em 2015, segundo a IDC

  • Por Redação
  • 11:06
  • Atualizado às 16:03
  • +A-A

As vendas de smartphones caíram 13,4% em 2015 no país, de acordo com estudo do IDC Brasil – instituto de inteligência de mercado. A alta do dólar foi o principal motivo para o recuo na comercialização do produto. No entanto, em Brusque, este cenário é diferente. As lojas de varejo consultadas pelo Município Dia a Dia afirmam que não sentiram essa queda no ano passado e que neste primeiro trimestre as vendas estão sendo satisfatórias.

O gerente da Salfer, Giliard Cardozo, diz que as metas de 2015 e também nestes primeiros meses do ano foram batidas. Em média, cerca de dez pessoas procuram por smartphones todos os dias. Ele afirma que as constantes inovações dos modelos dos celulares trazem os clientes para a loja, além da facilidade do crediário. No estabelecimento é possível parcelar em até 24 vezes.

O vendedor de outra loja do Centro, Elias Melo do Prado, conta que somente de agosto a outubro de 2015 teve uma queda na procura por smartphones, no entanto, no período de fim de ano aumentou e se mantém estável até agora. Ele afirma que em 2016, no primeiro trimestre, teve um aumento de cerca de 15% em relação ao ano passado. “Mesmo com a situação do país, o mercado não deixa de vender”. Prado diz ainda que aproximadamente 30% dos clientes optam pelo pagamento à vista para não fazer dívidas.

“Considerando a crise, as vendas estão boas”, avalia a atendente da Mohr, Daniela Ristow. Ela afirma que somente na última segunda-feira, 14, foram comercializados sete aparelhos, todos pagos à vista. “Oferecemos um brinde, uma capinha, uma película, para tornar mais atrativo”, explica.

Daniela também diz que hoje em dia é uma necessidade ter um smartphone, já que “as pessoas ficam loucas sem celular e internet e precisam para trabalhar”. Na loja, o produto varia de R$ 1 mil a R$ 5 mil e os clientes pode pagar em 12 vezes sem juros no cartão e por meio de financiamento.


Marcas mais vendidas

Salfer

Samsung
Motorola
LG
Apple


Mohr

Apple
Samsung
Motorola

 

Outra loja do Centro

Samsung
Motorola

 

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio