Vigilância epidemiológica de Brusque realiza orientações sobre a febre maculosa e a doença de lyme

Ação foi realizada nesta quarta-feira para os funcionários da Secretaria de Obras

Vigilância epidemiológica de Brusque realiza orientações sobre a febre maculosa e a doença de lyme

Ação foi realizada nesta quarta-feira para os funcionários da Secretaria de Obras

Devido aos trabalhos realizados pela Secretária de Obras em diversos pontos da cidade, o veterinário da vigilância epidemiológica de Brusque, Tiago Roza, realizou nesta quarta-feira, 22, orientações aos funcionários da Secretaria de Obras sobre a febre maculosa e a doença de lyme, trasmitidas .

O encontro foi uma solicitação do técnico em segurança de trabalho da Secretaria de Obras, devido as ações realizadas pelos trabalhadores. O evento serviu não só para orientações, como também para que fossem sandas as dúvidas dos servidores.


A febre maculosa

O que é febre maculosa?
É uma doença infecciosa causada por uma pequena bactéria chamada Rickettsia rickettsii, descrita mundialmente desde o século passado e que parece ser pouco conhecida no Brasil.

Como é transmitida?
A febre maculosa é uma doença transmitida através da picada de carrapatos. No Brasil existem muitas espécies diferentes de carrapatos que podem ser transmissores da febre maculosa. É muito bom lembrar que os carrapatos só perdem para os mosquitos como os maiores transmissores de doenças no mundo. O Amblyomma cajennense, um carrapato que pode picar qualquer espécie de animal, conhecido popularmente como carrapato estrela, carrapato de cavalo, carrapato redoleiro ou micuim, é a espécie transmissora mais importante no Brasil. A bactéria fica circulando na natureza pelo carrapato, que passa a infecção para outro carrapato, principalmente por meio de transmissão de “mãe para filhos” (um carrapato fêmea pode gerar mais ou menos seis mil novos carrapatos, todos infectados). Os animais (cão, cavalo, boi, ratos, animal silvestre), assim como o homem, quando picados fornecem condições para que o carrapato se desenvolva e transmita a bactéria que fica na sua saliva.

Quais são os sinais e sintomas?
Febre, dor de cabeça, mancha no corpo, história de picada de carrapato são os achados mais característicos da doença. Muitas pessoas se queixam de febre, dor de cabeça, mal estar, podendo apresentar também manchas avermelhadas pelo corpo. Como a bactéria circula pelo sangue, o paciente pode ter também muitas outras queixas: respiratórias (tosse, dor no peito, pneumonia), urinárias (insuficiência renal), neurológicas (meningite, perda da consciência, confusão mental, convulsão), digestivas (náuseas, vômitos, dor abdominal), falta de apetite, tonteira e cansaço A febre maculosa pode ser confundida com outras doenças infecciosas, como a menigococcemia (meningite meningocócica), dengue, sarampo, leptospirose, gripe e pneumonia, entre outras.

Como a pessoa pode saber se já foi infectada?
É preciso procurar atendimento médico para que o exame sorológico seja solicitado. Então se terá uma amostra de sangue colhida e lavada a exame. É importante observar se houve picada por carrapato ou não. Como não se trata de uma doença muito comum, diferentemente, por exemplo, do dengue, que atinge um grande número de pessoas, o exame só deverá ser solicitado pelo serviço de atendimento médico exclusivamente para aquelas pessoas com suspeita da doença.


Doença de Lyme

O que é Doença de Lyme?
Doença de Lyme é uma doença inflamatória transmitida por carrapatos infectados com a bactéria Borrelia burgdorferi que tem como sintomas febre e dores musculares podendo levar a meningite e problemas cardíacos se não for tratada. O nome Lyme se deve aos vários casos ocorridos em 1997 na cidade de Lyme, Connecticut nos Estados Unidos.

Nem todo carrapato pode transmitir a doença de Lyme apenas os que estiverem contaminados. Para que haja a contaminação é necessário que esse parasita esteja de 36 a 48 horas em seu corpo. Seu tratamento é a base de antibióticos podendo ter recuperação total.

O que causa a doença de Lyme?
Lyme é causada por uma bactéria de nome Borrelia burgdorferi que contamina alguns carrapatos e os mesmos são responsáveis por transmitir a doença. Aqui no Brasil, o principal transmissor é o Amblyoma cajennense.

Ela é conhecida como “grande imitadora”, devido à semelhança dos seus sintomas com outras doenças como gripe, por exemplo.

Quais são os sintomas da doença de Lyme?
O primeiro sintoma da doença de Lyme é o aparecimento de uma erupção e mancha avermelhada no local onde houve a picada, entre 7 á 30 dias aproximadamente.

Ela atinge todas as pessoas independente da idade e sexo. Porém, as estatísticas mostram que idosos e crianças são os mais afetados.

Os primeiros sintomas são:

  • Febre
  • Fadiga
  • Dor de cabeça
  • Mal estar
  • Calafrios
  • Dores nas articulações e músculos

Se a doença não for tratada, depois de alguns meses ou anos a pessoa infectada pode sofrer sintomas mais graves, como:

  • Artrite inflamatória.
  • Inflamação nas membranas cerebrais, o que leva a dor de cabeça, sensibilidade à luz e meningite.
  • Problemas no coração: insuficiência cardíaca e inflamação na membrana do coração.
  • Problemas no sistema nervoso: paralisia muscular, dormência, falta de memória e falta de concentração.
  • No caso das mulheres grávidas pode ocorrer a transmissão da doença para o bebê, mas dificilmente acontece complicações, como morte.
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio