Raul Sartori

Jornalista graduado em Ciências Sociais, atua na imprensa catarinense há cerca de 40 anos - raulsartori@omunicipio.com.br

Armas carregadas

Raul Sartori

Jornalista graduado em Ciências Sociais, atua na imprensa catarinense há cerca de 40 anos - raulsartori@omunicipio.com.br

Armas carregadas

Raul Sartori

O senador Dalírio Beber (PSDB-SC) é autor de polêmico projeto que autoriza praticantes de tiro, amadores ou profissionais, a transportar as armas de fogos que utilizam carregadas quando forem treinar. A justificativa é de que as armas de fogo dos atiradores desportivos são cobiçadas pelos criminosos e estando carregadas eles podem realizar a sua própria defesa. Dalírio acrescenta que os praticantes de tiro “sabem manusear uma arma” e a medida pode evitar o roubo do equipamento e de seu portador. Se a moda pega….


Proporcionalidade

O Senado anunciou em seu site o início de tramitação do projeto de resolução 6/2017, do senador e líder da bancada do PSDB, Paulo Bauer. Prevê que a aplicação da proporcionalidade partidária na composição das comissões permanentes do Senado, a cada dois anos, deve levar em conta o quantitativo de senadores de cada bancada ou do bloco partidário naquele momento. Hoje o regimento determina que tal representação seja proporcional ao tamanho das bancadas no momento da diplomação, ou seja, pelo número de senadores inicialmente eleitos por cada partido. Ocorre que muitos senadores trocam de partido ao longo do tempo, o que motiva controvérsias sobre o cálculo a ser aplicado cada vez que as comissões se renovam.


Esconde

Em release informando da assinatura de um protocolo de cooperação envolvendo oito entidades para combater a prática odiosa da farra do boi em SC, o Ministério Público estranhamente omitiu o nome da outra parte: três prefeituras. Comunidades inteiras que cometem tal crime merecem, sim, ter divulgação pública, aqui em SC, no resto do país e no mundo. O autor deste espaço já faz seu protesto pessoal há anos: não vai mais a Governador Celso Ramos.


Votos

Quem estava na praia de Balneário Camboriú sexta-feira e testemunhou a cena em que uma banhista chamou a polícia, muito incomodada porque a turista gaúcha e professora cega Olga Souza, de 57 anos, resolveu ir à praia com seu cão-guia Darwin, desejou-lhe, com a devida civilidade, votos para que tenha uma boa visão para o resto de sua vida. Como há pessoas insensíveis, cruéis e ignorantes! Uma lei estadual garante, há anos, tal permissão.


Fantasia preferida

O unicórnio, um ser mitológico, foi uma das fantasias mais preferidas dos foliões neste Carnaval em diversas cidades, talvez por reunir cor, brilho e alegria através de tiaras com chifres, pinturas com as cores do arco-íris no rosto e máscaras. Algumas correntes relacionam o unicórnio ao bissexual.


Herança

O Brasil do bem está lavando a alma com a Operação Lava-Jato, mas lava mais ainda quando vê muitos dos políticos que faziam parte do esquema de corrupção envolveram os herdeiros nas tramoias para desviar recursos públicos. É o caso do momento do notório senador Edson Lobão (PMDB-MA) e seus filhos, que puxaram o pai em malfeitos. Ótima seria se fossem para a prisão. Mas lavação total virá (será?) quando o grande chefe e sua prole forem pegos.


Não paga

O jornal O Globo informou ontem que representante de vítimas do voo da Chapecoense, o advogado João Tancredo recebeu, segunda-feira, uma notícia triste. A seguradora boliviana Bisa, responsável pelo pagamento do seguro às vítimas, não arcará com o que deve porque o acidente ocorreu por “falta de gasolina”.


Samba

Ruy Castro, o escritor que é também o grande mestre em biografias de músicos e compositores brasileiros, diz que se não existisse o músico e compositor itajaiense Orlandivo Honório de Souza, não saberia se teriam acontecido Jorge Bem, Wilson Simonal, Elza Soares e Emílio Santiago na música popular brasileira. Entristece constatar que Orlandivo, morto dia 8 de fevereiro passado no Rio de Janeiro, foi e continua sendo um ilustre desconhecido entre seus conterrâneos.


Ressocialização

Empresário e deputado estadual, Nilso Berlanda (PR) luta no Legislativo estadual par aprovar projeto de lei de sua autoria que regulamenta a ressocialização de presidiários em SC por meio do trabalho. Tem como exemplo a experiência da penitenciária de São Cristóvão do Sul, onde os internos são responsáveis pela produção de 300 estofados por dia.


DETALHES

“Garantias constitucionais e o exercício da advocacia” é o tema da 18ª Conferência Estadual dos Advogados, um dos principais eventos promovidos pela OAB-SC, de 24 a 26 de maio, na Sociedade Recreativa Mampituba, em Criciúma.

Tramita na Câmara dos Deputados o projeto de lei 4932/16, do deputado Ronaldo Benedet (PMDB-SC), que condiciona a desativação ou erradicação de trechos ferroviários de tráfego inexpressivo à autorização do Congresso Nacional. Para o autor, o interesse privado não pode definir, por si só, os contornos do transporte ferroviário no Brasil.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio