Página 3

Bastidores da política e do judiciário, opiniões e críticas sobre os acontecimentos da cidade e vigilância à aplicação do dinheiro dos impostos pagos pelo cidadão

Problemas no trânsito passam por sucessivo descaso dos governos de Brusque

Página 3

Bastidores da política e do judiciário, opiniões e críticas sobre os acontecimentos da cidade e vigilância à aplicação do dinheiro dos impostos pagos pelo cidadão

Problemas no trânsito passam por sucessivo descaso dos governos de Brusque

Página 3

Não é de agora
O caos verificado no trânsito de Brusque nos últimos dias, após a interdição da ponte do terminal urbano, deu uma amostra de como a falta de planejamento de longo prazo pode afetar a mobilidade urbana de um município. Uma única ponte, ao ser inutilizada, afeta milhares de motoristas em diversos trajetos, e torna ainda mais complicado transitar no município, sobretudo em horários de pico. A falta de investimento em mobilidade, porém, não é de hoje: vem se arrastando por governos consecutivos, que pouco fazem para melhorar a mobilidade.

Oportunistas
Em Brusque, entretanto, tudo vira caso de política. Ao se verificar a falta de fluidez do trânsito após a interdição da ponte, surgiram dezenas de oportunistas, não por acaso ligados a partidos políticos contrários, a botar a culpa da mobilidade reduzida no prefeito Jonas Paegle, que está há apenas seis meses no cargo. Embora de maneira alguma se possa dizer que Paegle faça um governo irretocável, ele é o menos culpado pela precária infraestrutura viária do município. Os que o antecederam, sim, podem ficar com a conta.


Novas visitas
A Comissão Especial de Saúde da Câmara de Brusque esteve na semana passada em mais cinco Unidades Básicas de Saúde (UBS), nos bairros Jardim Maluche, Nova Brasília e São Pedro, dia 5, Águas Claras e Santa Luzia, dia 7. Com isso, restam apenas duas UBS a serem fiscalizadas pelo grupo, nos bairros Poço Fundo e Ponta Russa. Os membros da comissão programam, ainda, visitas fiscalizatórias ao Hospital Azambuja e os Centros de Atenção Psicossocial (Caps). O objetivo é investigar e esclarecer situações afins ao Sistema Municipal de Saúde.


Diagnóstico ambiental
A sessão de hoje da Câmara de Guabiruba, que está marcada para iniciar às 19h, tem prevista a participação do engenheiro ambiental William Jucélio Goetten, professor da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc). Na ocasião, ele irá apresentar um diagnóstico a respeito da política municipal de saneamento básico guabirubense.


Em Brusque
Já na sessão da Câmara de Brusque, marcada para iniciar as 17h, está previsto para ser votado, conforme informado pela assessoria de comunicação, o projeto de lei de autoria do vereador Paulo Sestrem (PRP), o qual trata da “proteção da formação moral de crianças e de adolescentes no município”, além de projeto de suplementação orçamentária para a Prefeitura de Brusque.


 

 

 

 

 

Entrega de pavimentação
A pavimentação asfáltica e reurbanização da rua São Pedro, uma das obras mais esperadas de Guabiruba, foi entregue oficialmente à comunidade neste domingo, 11, durante as festividades em comemoração aos 55 anos de emancipação político-administrativa da cidade.

Custo da obra
A obra somou mais de R$ 4,3 milhões em investimentos e foi executada em duas partes: meta 1, que contemplou a pavimentação de 980 metros por aproximadamente R$ 2 milhões financiados pelo Badesc e a meta 2, referente à pavimentação de 860 metros executados com valores do Fundo Social, oriundos de emenda parlamentar do deputado estadual Serafim Venzon (R$ 1,8 milhão), além de recursos próprios do município (R$ 500 mil).


Serviços do Procon
O Procon de Santa Catarina está lançando uma nova ferramenta para ajudar os contribuintes a tirarem dúvidas sem que precisem se deslocar até uma agência, para o atendimento presencial. Com base no banco de dados do Sindec – sistema informatizado que integra Procons de todo o país – o portal proconresponde.com.br reúne os assuntos relacionados às demandas mais frequentes dos cidadãos divididas entre as áreas: bancos e cartões; conta de luz e água; habitação; produtos; recall de produtos; saúde; serviços on-line; telefonia e TV por assinatura.

Atendimento de casa
O diretor estadual do Procon, Michael da Silva, conta que na agência da capital, por exemplo, são realizados, em média, 95 atendimentos por dia, e, em grande parte deles, o consumidor poderia obter orientação para os encaminhamentos sem a necessidade de comparecer ao órgão. A página disponibiliza ainda o Código de Defesa do Consumidor, link para ajuda e informações, uma área para empresas, incluindo leis, e a lista das agências do Procon em Santa Catarina.


Redução da inflação
O mercado financeiro reduziu a projeção para a inflação e para o crescimento da economia este ano. Segundo o boletim Focus, uma publicação elaborada todas as semanas pelo Banco Central (BC) com base em estimativas de instituições financeiras, a projeção para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) passou de 3,90% para 3,71% este ano. Para 2018, a estimativa caiu de 4,40% para 4,37%.

Crescimento ainda menor
A estimativa para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB), a soma de todas as riquezas produzidas pelo país, caiu de 0,50% para 0,41% em 2017. Para o próximo ano, a projeção de crescimento da economia passou de 2,40% para 2,30%. Para as instituições financeiras, a taxa Selic encerrará 2017 e 2018 em 8,5% ao ano.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio