Após atrasos, pavimentação na rua Bulcão Viana é concluída

No entanto, ainda faltam reparos em calçadas e a sinalização da via

Após atrasos, pavimentação na rua Bulcão Viana é concluída

No entanto, ainda faltam reparos em calçadas e a sinalização da via

Após interrupções por falta de recursos, problemas técnicos, troca de governos e instabilidade no clima, a drenagem e pavimentação da rua Bulcão Viana, entre os bairros Azambuja e Souza Cruz, finalmente foi finalizada.

A obra, que teve o convênio assinado em abril de 2016 e foi iniciada no fim do ano, foi concluída há cerca de 15 dias e ainda aguarda pequenos consertos de calçadas e algumas sinalizações.

A diretora do Departamento Geral de Infraestrutura (DGI), da Prefeitura de Brusque, Andrea Patrícia Volkmann, diz que até o fim deste mês todos os ajustes devem ser concluídos. O tempo é o fator determinante, já que com as cheias do rio Itajaí-Mirim, a equipe da Secretaria de Obras precisa trabalhar em reparos emergenciais e a Secretaria de Trânsito e Mobilidade está auxiliando o trânsito.

A diretora explica que ainda falta o reparo nas calçadas que dão acesso às residências, sinalização da faixa de pedestres, meio-fio, além de placas de sinalização. “Fizemos uma programação, mas dependemos dos profissionais destas pastas e do tempo, mas acreditamos que até o fim de junho os serviços serão finalizados”.

Vários empecilhos inviabilizaram a conclusão da obra no tempo previsto inicialmente. Na análise de Andrea, o maior problema foram as trocas de governos, além de questões técnicas que não estavam previstas, como de drenagem, adequação de uma caixa d’água do Samae para auxiliar outros bairros e outros serviços que não estavam previstos.

O fechamento dos valores da obra ainda estão sendo contabilizados pelo DGI e posteriormente serão informados. Porém, inicialmente o valor era de R$ 1,25 milhão, proveniente de um convênio entre a Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) e a Prefeitura de Brusque, com recursos da cota parlamentar do deputado estadual Serafim Venzon.

“É uma obra muito importante para o município e que apesar do sufoco, finalmente foi finalizada. Agora a população pode usufruir, tanto os moradores da rua e das residências próximas, como todos os motoristas que passam para ir ao cemitério [Parque da Saudade]”, diz Andrea.

Depois de meses, a alegria
O autônomo Raphael de Godoy Fugazza, 30 anos, morou 6 meses na rua Bulcão Viana e tem os pais que ainda vivem lá. Ele diz que os meses de obra foram de muitos transtornos, já que os motoristas precisavam fazer rotas alternativas para chegar ao destino.

“Sabemos que toda mudança gera transtornos, mas demorou muito. Tínhamos problemas com o barro, poeira, buracos. Espero que agora tudo realmente melhore”.

Paloma Batista, 23 anos, proprietária do mercado Bulcão Viana há 7 anos, diz estar feliz com a conclusão do serviço. Ela já sentiu diferença no movimento do estabelecimento nas últimas semanas, com acréscimo de cerca de 20% nas vendas. “O que incomodou foi esse começa e para. Os entregadores não conseguiam chegar até aqui e os clientes também não. Agora todos estão retornando”, afirma, satisfeita.

O economista Jone João Piazza, 55, cliente do mercado e morador no loteamento Bruschal, no Souza Cruz, agora comemora a conclusão da obra, mas destaca que muitas pessoas e empresários foram prejudicados com a demora da pavimentação. “Pecaram muito para fazer essa obra”, diz.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio