25ª Fenajeep sedia 14º Encontro Nacional de Viaturas Militares

Entre os veículos está um tanque de guerra M3 Stuart fabricado em 1941

25ª Fenajeep sedia 14º Encontro Nacional de Viaturas Militares

Entre os veículos está um tanque de guerra M3 Stuart fabricado em 1941

Ver um tanque de guerra de pertinho e conhecer as particularidades de jipes e caminhões que fizeram parte da frota de veículos do Exército Brasileiro, é uma das atrações desta 25ª Festa Nacional do Jeep, a Fenajeep.

O evento sedia durante toda a sua programação, o 14º Encontro Nacional dos Preservadores de Viaturas Militares, expostas no pátio do Pavilhão Maria Celina Vidotto Imhof e deve reunir até domingo, de 45 a 50 viaturas e aproximadamente 200 integrantes dos clubes de preservadores.

“É um encontro itinerante, realizado uma vez por ano e desde que recebemos o convite do Vilmar ‘Negão’ Walendowsky, por intermédio da Companhia Indestrutíveis há dois anos, decidimos trazê-lo para Brusque, nos 25 anos da Fenajeep”, comenta o presidente da Associação Brasileira dos Preservadores de Viaturas Militares (ABPVM), Nelson Alberti.

As viaturas vieram da região Sul do Brasil, de três dos onze clubes que integram a ABPVM: Companhia Indestrutíveis (SC), Brigada Paranaense de Preservadores de Viaturas Militares (PR) e Museu Militar Brasileiro (RS). A maioria das viaturas chegou a Brusque em comboio, o que despertou muita curiosidade nos lugares por onde passou. O mesmo está sendo despertado no público da 25ª Fenajeep, que faz questão de fotografar e conhecer de perto as particularidades de cada veículo, principalmente da viatura blindada M3 Stuart, o famoso tanque de guerra, fabricado nos Estados Unidos em 1941.

De acordo com Alberti, as viaturas são todas de propriedade de colecionadores, adquiridas em leilões e restauradas. “O grande objetivo da Associação e dos clubes envolvidos, é a preservação das viaturas. Compramos em leilões, garimpamos peças, importamos peças de outros países, para manter o máximo possível de originalidade, afinal, é a preservação da história através das viaturas militares”, ressalta o presidente.

Alberti comenta ainda que a maioria dos colecionadores são civis, ou seja, não tem ou teve nenhum vínculo com a área militar, inclusive ele. Apesar disso, seguem uma postura de respeito sempre que transitam com as viaturas, numa verdadeira preservação da história que envolve a área militar. “O Exército é um grande apoiador da ABPVM, inclusive levamos as viaturas em eventos a convite deles. É uma relação de respeito e reconhecimento. O propósito é manter viva a história dessa moto-mecanização do Exército Brasileiro”, reforça.

Trajetória militar e paixão por preservar
O secretário da Companhia Indestrutíveis, que tem sede em São José (SC), Dagoberto Simon Patricio, é oficial da Reserva do Exército Brasileiro e há dois anos se dedica ao clube, no trabalho de preservação das viaturas militares.

“Participamos da Fenajeep há muitos anos e desde que recebemos o convite do Negão para trazermos o Encontro Nacional para cá, fãs como somos da festa, aceitamos na hora. Sempre gostei muito dessa parte de preservação e quando entrei para a Reserva, aliei meu espirito militar e a disponibilidade de tempo integral para me dedicar à Companhia Indestrutíveis. Passei 32 anos da minha vida dentro do Exército e agora tenho a oportunidade de mostrar aos jovens o que é a preservação e a história militar”, conta.

Além da exposição de viaturas, a maioria do Exército e alguns veículos da Marinha e do Corpo de Bombeiros, foi instalada uma estrutura completa de acampamento militar. Para isso, a Companhia contou com o apoio do 23º Batalhão de Infantaria de Blumenau, na montagem de três barracas canadenses, sendo duas delas destinadas a alojamento para um total de 24 pessoas e uma para ponto de banho.

Uma curiosidade das viaturas que estão sendo expostas no Encontro, é que muitas têm em sua placa o ano de fabricação, outras, têm uma inscrição na lateral da lataria em branco, contendo o modelo da viatura, o ano e as iniciais do proprietário.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio