Aberta a temporada das colônias de férias em Brusque

Principal objetivo das atividades é oferecer entretenimento e diversão às crianças

Aberta a temporada das colônias de férias em Brusque

Principal objetivo das atividades é oferecer entretenimento e diversão às crianças

Com o fim das aulas, alguns estabelecimentos de ensino de Brusque aproveitam suas estruturas para oferecer outro tipo de atividade às crianças: as colônias de férias. De dezembro a fevereiro, os pais que precisam retornar ao trabalho podem matricular os filhos em pelo menos três locais diferentes.

Um dos primeiros a abrir a temporada foi o Centro Educacional Quero Saber, localizado no Centro. A instituição, que inaugurará a escola em ano letivo em 2017, recebe as crianças desde a última segunda-feira, 12, para as atividades de lazer.

“A procura está grande, mas vai ser maior ainda quando acabarem os plantões das creches. Estamos fazendo a colônia para as crianças terem um lugar bacana. É uma recriação, um momento diferenciado para que elas possam descansar das escolas”, explica a pedagoga e responsável pelo Quero Saber, Cibele Rauen.

A colônia no centro educacional, que é destinada a crianças de 2 a 12 anos, será dividida em três etapas: a primeira encerra na próxima sexta-feira, 16; a segunda, por outro lado, será dos dias 19 a 23; e a última a partir de 9 de janeiro. Até agora, 13 crianças foram inscritas, porém, ainda há vagas para mais.

No local, as principais atividades são brincadeiras ao ar livre, momentos de reflexão (rodas de conversa), cama elástica, pintura facial, contação de histórias, oficina de artesanato, momento culinária, salão de beleza e cinema na escola.

Algumas das atividades que são realizadas pelo Quero Saber também serão realizadas no Sesc a partir do dia 19 de dezembro. A primeira etapa da colônia de férias da instituição será até o dia 22 de dezembro. Em 9 de janeiro, as portas abrem novamente.

Chamada de “Brincando nas férias de verão”, a colônia do Sesc terá como tema “Mundo de papelão” neste ano.

“Sempre passamos de 100 crianças. Ano passado foram cerca de 120. Essa opção é ótima para as famílias. Temos relatos de pais elogiando. É o período em que as crianças ficam em atividade. Aqui elas têm acesso à cultura e educação. Vão ter muitas coisas para fazerem”, explica o gerente do Sesc, Edemar Luiz Aléssio, o Palmito.

Pelo quinto ano seguido, a Link Idiomas também receberá alunos para a colônia de férias. A instituição terá atividades dos dias 9 de janeiro a 2 de fevereiro com opções de diversão como cama elástica, piscina de bolinhas, campo de futebol e piscina.

“A maioria do nosso público é de alunos nossos, mas é aberto para toda a comunidade. A partir dos 3 anos já pode ser inscrito e já estamos com procura. O público é variável durante a colônia. Há dias que participam 20 pessoas, outros que participam 10”, conta a diretora da Link, Karina Ristow Kohler.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio