Amador de Brusque tem noite de decisões

Guarani leva sufoco, mas consegue classificação no grupo B

Amador de Brusque tem noite de decisões

Guarani leva sufoco, mas consegue classificação no grupo B

A noite desta segunda-feira, 20, foi marcada por mais classificações no Campeonato Municipal de Futsal Amador de Brusque. O Poço Fundo segue como um dos favoritos ao título após nova goleada. A vítima da vez foi o Guarani. Com o placar elástico, o Poço Fundo quase atrapalhou os planos do rival, mas mesmo assim as duas equipes seguem para a segunda fase da competição. No duelo de eliminados, o BHM Têxtil conseguiu sua primeira vitória no Amador de Futsal, por 2 a 0 em cima do Cia. Da Batata.

Poço Fundo 6 x 0 Guarani

O Poço Fundo encerrou a fase de grupos com estilo. Logo no primeiro tempo, a equipe saiu na frente, e com goleada. Gideon, aos sete minutos, Elton aos 8 e Djonathan aos 20 minutos facilitaram o caminho da equipe para a classificação. O Guarani, equipe que também disputava a classificação, estava perdido em quadra.

Mesmo com a vitória praticamente encaminhada, a equipe do Poço Fundo atacou mais no segundo tempo. Aproveitando os erros e o nervosismo do Guarani, os atletas não deixaram os adversários jogarem. Com receio de levar ainda mais gols, e assim sofrer a desclassificação, o Guarani montou um ferrolho na defesa.

Mas o ataque do Poço Fundo, que tem o impressionante saldo de 17 gols – sem nenhum sofrido – conseguiu achar as brechas. Aos cinco minutos de partida, Jeferson arriscou da entrada da área e deixou o dele na partida. A defesa do Guarani desconcentrou. Menos de um minuto depois, já na saída de meio campo, o Poço fez mais um com Elton. Ele bateu cruzado, na intenção de passar, mas a bola entrou.

Os atletas do Guarani começaram a fazer as contas. Se perdessem a partida por mais de nove gols, correriam sério risco de desclassificação. No quinto gol do Poço Fundo, ainda faltavam 10 minutos para encerrar. Dava tempo para mais, tanto que Elton, com frieza na pequena área, marcou outro gol para o Poço Fundo, dando um ‘balãozinho’ e tirando do goleiro. Mas a defesa do Guarani conseguiu segurar o placar assim, e saíram aliviados por perderem ‘somente’ por 6 a 0.

O técnico do Poço Fundo, Fabio Heck, diz que sua equipe vai sai fortalecida com a liderança absoluta do Grupo B, mas sabe que as próximas etapas serão mais difíceis. “Temos que continuar sem ‘gracinhas’, jogando bonito e fazendo gols”. O comandante do Guarani, Jurandir da Silva, culpou a goleada nos desfalques que seu time sofreu. “Nós jogamos sem cinco dos principais jogadores. Sabíamos que não sairíamos com vitória, mas tínhamos que segurar o resultado, e foi o que fizemos”.

BHM Têxtil x Cia. da Batata

No jogo dos eliminados, BHM Têxtil e Cia. Da Batata fizeram um duelo de pouca qualidade técnica. Com muitos erros de passe e de pontaria, as equipes pareciam desanimadas em saber que não avançariam para a próxima etapa. Os atletas da BHM, no entanto, mostravam mais vontade de ganhar. Com duas derrotas na competição, ao time queria sair da competição com a cabeça erguida.

Em raro momento de brilhantismo, a bola sobrou limpa para Alef. Com tranquilidade, ele limpou e bateu entre as pernas do goleiro Gilberto. Foi o único lance de real importância de um primeiro tempo marcado pela fraca atuação dos dois times.

Na segunda etapa, Diomar, do Cia da Batata, esqueceu de vez o que é futebol. O camisa 2 aplicou um carrinho violento em Felipe, que estava de costas. O jogador precisou de atendimento no banco de reservas. Pior para o time de Diomar, que além de perder o atleta faltoso com um cartão vermelho direto, ainda sofreu gol na cobrança de falta caprichada de Alef.

Com 2 a 0, a BHM deixa a competição como terceiro colocado do grupo B. O jogador Rafael Lang, da equipe que saiu vitoriosa, explica que o time foi formado recentemente como um ‘teste’ para próximas participações. “Fizemos a equipe em um mês. Mesmo assim, gostamos dos resultados. Ano que vem voltaremos fortalecidos”.

 

 

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio