Rodrigo Santos

Jornalista esportivo - rodrigosantos@omunicipio.com.br

Brusque vai ao mercado em uma janela de transferências diferente

Time da Série B terá que ser contratado com o estadual em andamento, sem espaço para aqueles reforços pontuais

Rodrigo Santos

Jornalista esportivo - rodrigosantos@omunicipio.com.br

Brusque vai ao mercado em uma janela de transferências diferente

Time da Série B terá que ser contratado com o estadual em andamento, sem espaço para aqueles reforços pontuais

Rodrigo Santos

O Brusque está no mercado para buscar renovações com os atletas destaques da temporada de 2023 e está à caça de boas oportunidades para montar um bom time no ano que vem.

O técnico Luizinho Lopes, mesmo de férias, monitora todas as situações com a diretoria, que não pode perder tempo para fechar a composição do elenco para o campeonato catarinense. Se o clube sabe que o cenário financeiro para o ano que vem é melhor, o nível de exigência também aumentou.

E ontem, apareceu outro problema: a CBF anunciou que a janela de transferências do primeiro semestre fecha no dia 7 de março. Ou seja: o time da Série B terá que ser contratado com o estadual em andamento, sem espaço para aqueles reforços pontuais vindos dos outros campeonatos regionais.

Conversei na Rádio Cidade com o diretor de futebol André Rezini, que disse que haverá uma boa reformulação no elenco. Falou até em 50%, o que é muita coisa. É possível que alguns atletas que tem passado por um ciclo longo no clube deixem o Bruscão, que pretende trabalhar a partir do dia 4 de dezembro com 24 a 28 atletas.

Também conversei com o treinador e ele me passou muita animação com o que aparecerá pela frente dentro do Bruscão. Esperamos que o time continue competitivo, que essa renovação surta efeito e que o time consiga manter alto nível mesmo sem jogar na cidade de Brusque na próxima temporada.

Mudança

O prefeito André Vechi anunciou ontem a exoneração de Edemar Aléssio, o Palmito, do comando da Fundação Municipal de Esportes. O ex-jogador do Brusque estava no cargo desde janeiro, quando foi nomeado após um acordo com o presidente do Brusque FC, Danilo Rezini, que indicou os cargos de primeiro escalão da autarquia. Quem assume o comando da FME é Delmar Tôndolo, experiente dirigente da cidade. Já teve passagem pelo comando da Fundação em 2015, além de muitos anos trabalhando dentro da estrutura esportiva da cidade.

Liga

O Brusque não assinou contrato com a Liga Forte União (antiga Liga Forte Futebol) para buscar receber um valor maior como venda de parte dos direitos do Brasileirão para os próximos anos. O clube nomeou um intermediário que está autorizado a buscar entendimento com a Libra, a outra liga de clubes, para buscar ter direito, pelo menos, a pouco mais de R$ 20 milhões, até pela posição do clube hoje, na Série B. O presidente Danilo Rezini afirmou que o clube recebeu de um investidor um aporte a ser pago caso o clube assine contrato com uma das ligas. Hoje, o clube está com todos os salários colocados em dia.


Assista agora mesmo!

Nova geração de bergamascos é esperança para manter dialeto vivo em Botuverá:


Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo