Inusitado: Cabra é criada como um cachorro no Guarani

Moradora do bairro cria o animal em casa, na companhia de outros pets

  • Por Daiane Benso
  • 10:30
  • Atualizado às 11:54

Inusitado: Cabra é criada como um cachorro no Guarani

Moradora do bairro cria o animal em casa, na companhia de outros pets

  • Por Daiane Benso
  • 10:30
  • Atualizado às 11:54
  • +A-A

Brincalhona, amável e muito companheira. Assim pode ser definida Minzy, de 2 anos e meio, a cabra de estimação da empresária Bruna Albino Bittencourt, 33, moradora no Guarani. Durante os poucos minutos de conversa com a reportagem do O Município, foi possível observar o afeto que Minzy e sua dona nutrem uma pela outra.

A cabra – que mais parece um cachorro -, foi comprada em Gaspar quando tinha apenas três meses. A motivação? Bruna define de várias maneiras: “Eu morava em um sítio e sempre gostei de animais. Já tive cavalo, porco, galinha, gato e nunca tive uma cabrinha, que sempre achei um bicho diferente e bonito. Então quando vi que poderia ter um espaço para criar uma (cabra), resolvi ir em um criador e trazer a Minzy”, diz a empresária, que conta que se apaixonou pela cabra assim que a viu.

“Gostei dela por causa das orelhinhas dobradas, defeitinho que ela tinha. Tinha outras opções lá no criador, mas gostei do jeitinho que ela me olhou, era como se estivesse me escolhendo”, conta.

Minzy, quando bebê, ficava no colo da dona e morava dentro de casa. Ela dormia na cama e fazia suas necessidades fisiológicas apenas em fraldas descartáveis. Toda vez que queria que a fralda fosse trocada, chorava para avisar Bruna. Quando cresceu um pouco mais, a cabra ganhou um cercado em uma antiga casa da família.

Porém, quando a dona se mudou em uma residência mais rural e maior no Guarni, Minzy foi presenteada com um cercado mais bonito, de cerca de 100 metros quadrados. Hoje, ela divide o espaço com a cadela Lady, uma Afghan Hound de 3 anos, também pet de estimação de Bruna.

“Elas se respeitam bastante, dormem juntas, uma deitada ao lado da outra. A cabra é um animal que necessita estar com outros. Ela não é solitária, e mesmo tendo outros cachorros [mais dois], a Minzy escolheu a Lady para ficar junto”, diz.

Centro das atenções
Minzy hoje está com 50 quilos e chama atenção por onda passa, inclusive, tem até Instagram: @minzyacabra. Diariamente, por uma hora, ela é solta no pátio da casa onde dá grandes saltos. Uma vez por semana, também passeia com Bruna e os outros animais pelas ruas do bairro Guarani. Lá, ela é bajulada e torna-se o centro das atenções – todos querem interagir com ela, aliás, pelo seu jeito dócil, os dois filhos pequenos de Bruna adoram brincar com a cabra.

Minzy se alimenta basicamente de ração de cabra e de cachorro, legumes como cenoura, alface e casquinha de batata, além de frutas como banana, maça e goiaba. Capim, alimento habitual de outras cabras, não está entre as preferências do animal, definido pela dona como “exigente e mimada”. Minzy prefere folhas das árvores. Para manter a saúde em dia, a cabra toma vacinas regularmente e bebe bastante água.

“Eu não tinha noção de quanto ela era inteligente, é um animal bem companheiro, se dá bem com as crianças, passeia de carro, vai no parque das Esculturas, corre com os outros cachorros e brinca com eles. Mas não privilégio nenhum dos meus animais de estimação: o mesmo carinho que eu tenho pelos meus cães eu tenho pela Minzy”, afirma Bruna.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio