Comunidade Luterana aprova andamento de shopping em Brusque

Em assembleia, luteranos deram aval para que diretoria trate de detalhes da permuta do terreno em frente ao Big

Comunidade Luterana aprova andamento de shopping em Brusque

Em assembleia, luteranos deram aval para que diretoria trate de detalhes da permuta do terreno em frente ao Big

Em assembleia na semana passada, a Comunidade Evangélica Luterana deu sinal verde para que a diretoria prossiga com a negociação do terreno que fica em frente ao Big com uma empresa que pretende instalar um shopping no local. A autorização não significa que o terreno, que fica em uma das regiões mais valorizadas da cidade, já está negociado.

Antônio Carlos Goedert, advogado da Comunidade, explica que a aprovação por parte da assembleia é um passo primordial para o acordo, contudo, o sinal verde significa que a diretoria agora pode acertar os detalhes. Ou seja, dependendo do que acontecer, o imóvel pode ou não ter o shopping construído ali.

Goedert também esclarece que não se trata de venda. “É uma permuta”, diz. Isso significa que o imóvel não sairá do controle da Comunidade Luterana, mas que haverá outro tipo de acerto que permite que os luteranos tenham algum tipo de controle sobre o seu patrimônio. Os detalhes da permuta ainda não podem ser revelados porque a negociação corre em regime de confidencialidade, afirma o advogado.

Embora a Comunidade Luterana também não confirme o nome da empesa que está negociando o terreno, o Município Dia a Dia já veiculou matéria na qual o grupo Sacs Consult confirmou que está “quase fechando” o negócio. “Temos mais de um interessado, mas um deles está avançando mais”, afirma Goedert. Ele diz que este sigilo é importante neste momento porque se trata “de um projeto grande e complexo”.

Após a aprovação por parte da assembleia, agora a diretoria poderá acertar os pormenores do contrato de permuta e então o Conselho Sinodal, uma instância superior, baterá o martelo. A princípio, Goedert diz que a reunião do conselho está marcada para setembro. No entanto, se as conversas avançarem mais rápido, ela poderá ser adiantada.

Infographic
Projeto está sendo revisto

Como o Município Dia a Dia noticiou em abril, o grupo paulista Sacs Consult – ao qual a ACS Empreendimentos, empresa que negocia diretamente, pertence – é o maior interessado e que está com a negociação mais avançada com a Comunidade Evangélica. O Sacs conseguiu ultrapassar concorrentes como a multinacional americana Landis Forest City, que no ano passado chegou a ser a favorita a trazer o primeiro shopping para Brusque.

O sócio-diretor da Sacs Consult, Sérgio Manzalli, afirma que as negociações com os luteranos está avançada. “Não tem mais problema nenhum”, diz, e acrescenta que “só entramos quando estiver com o terreno limpo. Precisamos ter certeza absoluta antes de colocar o dinheiro. Essas entidades, como a igreja, são muito antigas e, claro, tínhamos um pouco de receio”.

Manzalli diz que está quase tudo fechado para a construção do Brusque Shopping. O lançamento oficial do empreendimento está previsto para novembro ou dezembro. Apesar da lenta negociação e do momento econômico brasileiro, o executivo confirma a intenção de trazer o shopping para a cidade. “O nosso empreendimento não vai parar, vamos acelerar. Vamos passar este segundo semestre planejando.

Atualmente, o projeto do shopping está na sua sexta versão. Não temos problema com isso”, diz.
A previsão é que nos primeiros meses de 2016 as máquinas já comecem a mexer no terreno e a inauguração aconteça em 2017. Manzalli afirma que a procura por um espaço no shopping é grande. “Os nossos sócios estão muito tranquilos. O mais importante disso tudo é que estamos recebendo consultas constantes de gente querendo entrar no empreendimento”, diz. Casas Bahia, Riachuelo e Americanas são algumas das gigantes que já foram confirmadas pelo Sacs.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio