Conteúdo exclusivo para assinantes
Raul Sartori

Jornalista graduado em Ciências Sociais, atua na imprensa catarinense há cerca de 40 anos - raulsartori@omunicipio.com.br

Conselho das Federações empresariais pressiona parlamentares catarinenses a votarem a favor da reforma da Previdência

Raul Sartori

Jornalista graduado em Ciências Sociais, atua na imprensa catarinense há cerca de 40 anos - raulsartori@omunicipio.com.br

Conselho das Federações empresariais pressiona parlamentares catarinenses a votarem a favor da reforma da Previdência

*****destaque: pressão empresarial

Raul Sartori

Pressão empresarial
O Conselho das Federações Empresariais de SC – cujas entidades associadas bancam campanhas de políticos – está exigindo a devida retribuição pela ajuda, digamos assim. Em iniciativa rara, emitiu nota enviada aos parlamentares da bancada catarinense no Congresso Nacional (16 deputados federais e três senadores) pedindo não só posicionamento como voto a favor da reforma da Previdência. Vários deles, inclusive de partidos governistas, estão em cima do muro. Como este é um ano de eleição, quem for contra pode ter resposta ali adiante.

Segredo
Vai ficar para uma confirmação futura, na hora que seus marqueteiros acharem adequada e oportuna, informação que ronda o meio político nacional: de que Jair Bolsonaro teria convidado o empresário catarinense Luciano Hang, da Havan, para ser seu vice na chapa à Presidência da República.

Faz-de-conta
Agora reforçada com mais uma contratação, a assessoria de imprensa do Tribunal de Contas do Estado produziu duas notícias desde 19 de dezembro do ano passado até agora. A primeira informando que seu sistema de telefonia tem problemas técnicos, e a segunda de que acesso ao prédio da instituição até o último dia 29 tinha que ser feito pela portaria em frente à Praça Tancredo Neves.

Onda
Publicações esportivas especializadas estão novamente de olho em SC depois de certo distanciamento. O motivo é a presença de quatro surfistas do Estado, ou que moram em SC, que estão estreando no Mundial da modalidade deste ano. São o curitibano Yago Dora, 21, que mora em Floripa; Tomas Hermes, 30, paulista, em Barra Velha; Willian Cardoso, 31, joinvilense, em Balneário Camboriú; e o brasiliense Michael Rodrigues, 23, com paradeiro na Ilha de SC. Outra presença catarinense, e muito destacada, desde 2002, é de Renato Hickel, diretor geral da divisão de elite masculina da competição.

Ranking do futebol
Saiu o Ranking Folha 2017 de quem é quem no futebol brasileiro em todos os tempos, contando conquistas desde campeonatos estaduais ao Mundial de Clubes. O Flamengo passou a ser o 1º, seguido por São Paulo, Corinthians, Palmeiras e Santos. De SC estão, entre os 36 ranqueados, o Figueirense (24º), Criciúma (26º) e a Chapecoense (30º). No ranking do Estado a liderança continua do Figueirense, seguido por Avaí, Joinville e Criciúma.

Gastronomia
É muito comum ver turista brasileiro e estrangeiro chegar em SC e, na hora de comer, perguntar o que há de mais típico. Dependendo do lugar, nem o garçom saberá responder. Lamentável, porque há muito o que oferecer, mas falta uma marca mais forte, que seria possível com o tombamento do prato como patrimônio imaterial, reconhecendo sua significância não apenas gastronômica, mas também histórica e cultural. É o que acaba de acontecer com o virado à paulista, em São Paulo, por decisão do conselho de patrimônio estadual. Feijão, farinha de milho, carne-seca, arroz, bisteca, torresmo, couve, ovo frito, banana empanada e linguiça são os ingredientes básicos da apreciada receita.

O 21º maior
Para todo o sempre, o tenista catarinense Gustavo Kuerten terá lugar na história do esporte, pelo menos em SC e no Brasil. A revista americana “Tennis”, uma das mais prestigiosas publicações do tênis mundial, elegeu o brasileiro como o 21º maior tenista masculino da era aberta da modalidade, a partir de 1968, quando os torneios de Grand Slam passaram a permitir que profissionais disputassem seus títulos.

Paz no futebol
No congresso técnico da CBF, segunda-feira, quando se decidiu que não haverá árbitro de vídeo no Campeonato Brasileiro de 2018, o presidente da Chapecoense, Plinio de Nês Filho, marcou presença com manifestação a favor da medida, ressaltando que ela garante mais paz nos estádios na medida em que dá mais segurança para quem está no apito. Foi voto vencido, mas foi aplaudido.

Desafio
O maior desafio para o novo presidente do TJ-SC, Rodrigo Colaço, é o enorme estoque de processos em trâmite no Judiciário catarinense: 2,6 milhões. Aquele passarinho veio dizer que é possível, com ele, que se estabeleça um limite mínimo de produtividade para juízes. Ouve-se, dentro do próprio TJ-SC, nomes correntes de magistrados que, de forma sistemática, não conseguem dar a devida conta do recado.

Violência
A violência já faz parte do cotidiano de pequenas cidades de SC. A pequena Governador Celso Ramos, perto de Florianópolis, é um exemplo. Para dar suporte na solução do crescente problema, tem sua Secretaria Municipal de Segurança Pública, comandada pelo coronel da reserva da Policia Militar de SC, James Amaral, que também é bacharel em Direito e pós-graduado em Estratégias de Segurança Pública.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Quero assinar com preço especial
[Acesse aqui]

Sou assinante

Sou assinante do impresso,
mas não tenho login
[Solicite sem custo adicional]

Tire suas dúvidas, em horário
comercial, pelo (47) 3351-1980

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio