De onde vêm os votos: em quais cidades os brusquenses buscaram apoio nesta eleição

Maioria depende exclusivamente de municípios próximos para obter eleitorado mais expressivo

De onde vêm os votos: em quais cidades os brusquenses buscaram apoio nesta eleição

Maioria depende exclusivamente de municípios próximos para obter eleitorado mais expressivo

João Vítor Roberge‏

Com 10 candidatos a deputado estadual e sete a federal, a região formada por Brusque, Guabiruba e Botuverá não conseguiu sequer um eleito. Os 17 se dividem em um grupo extremamente dependente do eleitorado de Brusque enquanto outra parte arrecadou votos de diversas cidades do Vale do Itajaí e de diversas partes de Santa Catarina.

Um dos candidatos com votação expressiva fora da região foi Álisson Castro (PSOL). Ele teve apoio relevante da Grande Florianópolis. Dos seus 1.077 votos, apenas 16% vieram de Brusque. Por outro lado, Florianópolis e São José representaram 22,46% de seus votos.

Veja também: 
Quantos votos faltaram para cada um dos candidatos locais se elegerem 

Quem são os candidatos de fora que tiveram votação expressiva em Brusque e região

O que os analistas dizem sobre os resultados das eleições em Brusque e região

O candidato mais votado da região de Brusque, Serafim Venzon (PSDB), segue em linha semelhante. Dos seus 30.085 votos, 35,44% são de seu domicílio eleitoral. Ele ainda conquistou mais de mil votos em Itajaí, Tijucas e Canelinha.

O ex-prefeito de Brusque, Paulo Eccel (PT), ficou mais dependente da região. No total, 8.073 (58,71%) de seus votos vieram de Brusque, Guabiruba e Botuverá. Itajaí, Blumenau, Tijucas, Angelina e Florianópolis foram algumas das cidades que mais lhe renderam votos.

Outros candidatos demonstraram uma centralização muito mais forte de seu eleitorado. Dos que reuniram mais de 5 mil eleitores nas urnas, Guilherme Marchewsky (PPS) teve nada menos que 91% de seus votos vindo do trio Brusque, Guabiruba e Botuverá. Osmar Vicentini teve 80,42%, Jones Bosio (DEM) teve 77,43% e Jean Pirola, 63,92%.

Deputado federal
Os candidatos a deputado federal apresentaram dependência ainda maior. Candidato mais votado, Paulo Sestrem (PRP) teve 84% de seus votos vindo dos três municípios da região. Nenhuma cidade além de Brusque e Guabiruba lhe deu mais de 300 votos.

A principal exceção foi Sabrina Avozani (NOVO), segunda candidata mais votada da região. Com 11.276 votos, 57% deles vieram de fora. Chapecó, Caçador e Concórdia, no Oeste catarinense, lhe somaram 1.388. Em Florianópolis, foram feitos 716 votos.

Kátia Costa (PSOL) teve sua base na região da capital: de seus 1.051 votos, 571 (54,32%) vieram de Florianópolis, São José, Palhoça e Biguaçu.

 


Veja também: 
O que os analistas dizem sobre os resultados das eleições em Brusque e região

Ponto de vista dos candidatos de Brusque: o que deu errado na campanha?

Procurando imóveis? Encontre milhares de opções em Brusque e região

Mais de 70 candidatos com patente militar foram eleitos em todo o país

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo