Disputa judicial impede que prédio abandonado seja demolido em Brusque

Local abandonado às margens da rodovia Antônio Heil seria um centro comercial

Disputa judicial impede que prédio abandonado seja demolido em Brusque

Local abandonado às margens da rodovia Antônio Heil seria um centro comercial

Quem passa pela rodovia Antônio Heil, nos fundos do Fort Atacadista, vê um edifício antigo abandonado. O prédio está nessa situação há anos e assim deve permanecer por tempo indeterminado devido a uma disputa judicial.

Leia também:
Por que javalis-europeus podem prejudicar agricultura em Botuverá e região

Cerca de 40 detentos da UPA de Brusque terão suas penas revistas

Como a Prefeitura de Brusque pretende investir o orçamento de 2019

A construção está com avarias aparentes. Ferros aparecem no chão, que está com buracos no concreto. Há também muito mato no interior.

O prédio foi construído há anos e lá seria um centro comercial chamado Outlet Center. No entanto, ainda na década de 1990, foi abandonado pelo antigo proprietário, que nunca terminou o empreendimento.

Anos depois, o local foi a leilão. Dois empresários arremataram o imóvel, mas até hoje não puderam mexer no edifício, de acordo com Leandro Moresco.

O empresário venceu o leilão, mas depois disso uma antiga proprietária entrou na Justiça para questionar o certame. Faz cerca de sete anos que esse processo tramita.

Leia também:
Como estão as investigações sobre estupro de menina de 7 anos em Botuverá

Procurando imóveis? Encontre milhares de opções em Brusque e região

Diretores de casa de câmbio continuam presos um mês depois da Operação Line Up

Enquanto isso, os vencedores do leilão estão de mãos atadas. Como o prédio é alvo de disputa, não podem mexer em nada sob risco de serem responsabilizados.

Caso o processo termine com o leilão validado e, portanto, favorável aos novos donos, eles poderão demolir o prédio, se quiserem. Mas se a Justiça decidir em favor da antiga dona, eles terão de receber o dinheiro de volta. Não existe data para o julgamento.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio