Estação inteligente é inaugurada com a presença de comitiva alemã, em Brusque

Equipamento marca o início prático dos projetos conjuntos entre a região e o distrito de Karlsruhe

Estação inteligente é inaugurada com a presença de comitiva alemã, em Brusque

Equipamento marca o início prático dos projetos conjuntos entre a região e o distrito de Karlsruhe

O apogeu da visita da comitiva alemã à região ocorreu nesta sexta-feira, 17. Pela manhã, políticos, empresários e outros convidados participaram da inauguração da estação inteligente que fica no Centro Universitário de Brusque (Unifebe).

A estação inteligente, uma espécie de poste tecnológico, reúne uma série de funcionalidades. Por exemplo, ela tem sinal de Wi-Fi, assim como sensores climáticos, que detectam a temperatura, vento e até mesmo dados da camada de ozônio.

O aparelho de alta tecnologia foi desenvolvido pela empresa EnBW, de Karlsruhe, no estado de Baden-Württenberg. Rolf Arno Schönhaar, da empresa alemã, também faz parte da comitiva e explicou quais são as principais funcionalidades das estações.

Uma das funções mais destacadas das estações inteligentes é um botão de emergência. Interligado com as autoridades de segurança, apertando-o é possível chamar ajuda.

A estação inteligente também permite recarregar veículos elétricos. Essa função foi amplamente destacada durante os discursos.

Segundo o prefeito de Brusque, Jonas Paegle, há, atualmente, 22 bicicletas elétricas no município. Destas, duas pertencem à Guarda de Trânsito, e as outras 20 a cidadãos.

Além disso, há, também, um carro elétrico. Adão Alves decidiu transformar o seu Gurgel BR 800, ano 1990, em um carro movido a eletricidade.

“Na prática, uma estação inteligente te permite não só recarregar veículos elétricos, mas fazer toda a análise climática, uma vez que estamos estamos envolvidos em projetos climáticos”, afirma o reitor da Unifebe, Günther Lother Pertschy.

Paegle também ressalta as possibilidades que cada uma das três estações existentes em Brusque possuem. Além da que está na Unifebe, há uma na praça Barão de Schneeburg e outra praça Sesquicentenário.

“É importante porque essa estação serve para Wi-Fi, para medir a camada de ozônio, temperatura, o evento e o número de pessoas que circulam em volta. Há muitas outras funções”, diz o prefeito.

“Se pensarmos no passado, como eram e como são as coisas, os impactos climáticos, por exemplo, na agricultura e nas cheias, é muito importante essa parceria. Todos esses impactos são importantes, então precisamos reagir, e estamos começando com essa inauguração”, diz Christoph Schnaudigel, administrador do distrito de Karlsruhe e coordenador da comitiva.

Primeiro uso
Alves, o proprietário do Gurgel adaptado, recebeu atenção dos presentes. Foi o carro dele o primeiro a ser recarregado na estação inteligente da Unifebe.

O morador de Brusque conta que a tomada simples já dá conta de recarregar o veículo. Alves se diz feliz com a possibilidade de usar a estrutura.

Feliz com a novidade e com o seu carro adaptado, o aposentado posou para fotos de alemães e brasileiros.

Carro elétrico é abastecido com fio e tomada simples, como a de eletrodomésticos

“Queremos desenvolver projetos verdadeiros e reais”

A cerimônia de inauguração da estação inteligente reuniu dezenas de pessoas. O administrador do distrito de Karlsruhe e coordenador da comitiva, Christoph Schnaudigel, discursou e destacou o dia histórico.

“Não queremos somente lembrar dos antepassados comuns, mas pensar nos projetos futuros”, afirmou durante a cerimônia. O alemão ressaltou que trata-se um projeto palpável, não apenas projeto irreais.

“Queremos desenvolver projetos verdadeiros e reais”, disse. A fala do administrador demonstra que a parceria deve continuar com o intercâmbio intenso de informações nos próximos meses.

A Unifebe é parceira e contribui com pesquisas e com pessoal para colocar a teoria na prática. A estação capta, por exemplo, quantos carros, caminhões, motos, bicicletas e pessoas passam no seu entorno.

Com essa informação, devidamente tabulada, é possível promover políticas públicas para a prevenção de acidentes. O mesmo acontece com as informações climáticas.

Prefeito Jonas Paegle e o administrador Christoph Schnaudigel, durante ato na cerimônia

Novos postes
O administrador do distrito de Karlsruhe explicou que o projeto de parceria prevê também estações, mais simples e mais baratas.

O reitor da Unifebe destacou que a parceria entre a Prefeitura de Brusque, Unifebe e o distrito alemão trará outros benefícios à população.

“O potencial é muito grande. Já temos, dentro deste mesmo projeto, o aporte do governo alemão para a troca de lâmpadas de LED em algumas vias municipais. Olha a importância. Brusque se beneficiando”, afirmou.

Comitiva alemã ficou por uma semana em Brusque e teve agenda noutras cidades catarinenses

Clima
Tema constante dos discursos foi o clima e os impactos. “Como empresa de energia, também temos que enfrentar as mudanças climáticas”, afirmou Rolf Arno Schönhaar, da EnBW.

Schnaudigel destacou que “todos sentimos as consequências das mudanças climáticas”. O reitor da Unifebe fez um discurso pautado na tecnologia e no clima.

“A natureza não possui fronteiras”, afirmou Pertschy. “Além da amizade, ciência e negócios também fazem parte deste projeto”.

O prefeito de Brusque destacou que o intercâmbio de tecnologia será aproveitado nas futuras conversas com os alemães. Médico, Paegle também destacou que a questão climática é importante no que se refere ao câncer de pele.

Presidente da Acibr entrega ofício de comprometimento empresarial a Christoph Schnaudigel

Empresários
O presidente da Associação Empresarial de Brusque (Acibr), Halisson Habitzreuter, entregou a Schnaudigel um ofício de comprometimento empresarial com a parceria.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio