Estudo descobre sistemas geométricos da Antiguidade utilizados na projeção do Santuário de Azambuja

Pesquisa matemática foi realizada recentemente

Estudo descobre sistemas geométricos da Antiguidade utilizados na projeção do Santuário de Azambuja

Pesquisa matemática foi realizada recentemente

O administrador e pesquisador do Museu de Azambuja, Marcelo Goulart, realizou recentemente um estudo matemático da planta do Santuário de Azambuja e descobriu que sistemas geométricos antigos foram utilizados na projeção da igreja.

 

O trabalho consistiu em duas pesquisas que avaliaram a planta do Santuário. Uma sobre o sistema de construção geométrica, que determina o espaço de construção da igreja (chamado Dodecaid), e a outra sobre a proporção áurea, utilizada pelos gregos na Antiguidade para projetar templos, palácios, e demais construções.

 

– Para mim o Santuário é algo mágico e vejo que essa pesquisa é ter a chance de desvendar, de mostrar para a comunidade o quanto este local é rico em história, em conhecimento – assegura Goulart.

 

**Confira a reportagem completa e mais informações sobre o estudo na edição impressa do Jornal Município Dia a Dia, desta terça-feira, 21 de agosto.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio