+

Grupo hacker vaza dados pessoais de Luciano Hang na internet

Informações foram retiradas do ar cerca de 1h15 após a publicação no Twitter

Grupo hacker vaza dados pessoais de Luciano Hang na internet

Informações foram retiradas do ar cerca de 1h15 após a publicação no Twitter

O grupo hacker Anonymous Brasil publicou na internet dados pessoais do empresário brusquense Luciano Hang, dono da Havan, às 22h desta segunda-feira, 1.

No Twitter, a conta publicou: “Por direitos trabalhistas e contra a toda repressão. O empresário que odeia seus funcionários e prioriza o LUCRO, acima da VIDA. @luciano_hang Vazamos seus dados. #Anonymous #Antifascista #BlackLivesMatter”, com o link para acessar as informações.

No arquivos constavam números de celulares, e-mails, dados documentais, empresas nas quais Hang seria sócio ou teria participação, além de imóveis que seriam de sua propriedade.

As informações foram retiradas do ar do site de hospedagem Pastebin por volta das 23h20. Pouco minutos depois, a conta que publicou as informações foi suspensa pela rede social.

Nesta terça-feira, 2, Luciano Hang se pronunciou sobre os vazamentos e pediu para que a Polícia Federal investigue o caso. 

O mesmo grupo vazou dados confidenciais do presidente Jair Bolsonaro; seus filhos Flavio Bolsonaro e Carlos Bolsonaro; Abraham Weintraub (ministro da Educação); Daniela Weintraub (esposa do ministro Abraham); Damares Alves (ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos; entre outros.

Hang não se manifestou sobre o assunto até a publicação desta notícia.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo