Homem é morto com golpes de facão em São João Batista

Corpo foi encontrado próximo de um terreno baldio no bairro Carmelo

Homem é morto com golpes de facão em São João Batista

Corpo foi encontrado próximo de um terreno baldio no bairro Carmelo

Rogério de Souza, 31, foi morto na madrugada desta quinta-feira, 1, no bairro Carmelo, em São João Batista. O corpo estava próximo de um terreno baldio da rua João Leonor Ceccato e apresentava marcas de cortes. O namorado da filha de Rogério confessou ter utilizado um facão para o crime após uma discussão sobre o namoro.

Por volta da meia noite a polícia foi acionada para atender uma briga. Pelo relato feito por telefone, dois homens estariam correndo com um facão atrás de um terceiro. Ao chegar no local, o homem já estava morto e os envolvidos haviam fugido.

Segundo o delegado Alexandre Fontana Alves, Souza teria encontrado a filha, de 15 anos, na rua com o autor e alguns amigos. O desentendimento ocorreu depois da vítima tentar levar a jovem para casa.

Sem passagem pela polícia, o jovem terá o pedido de prisão feito por homicídio qualificado, com penas variando entre 12 a 30 anos. Segundo o delegado, ele se apresentou na delegacia pela manhã e a arma utilizada também já foi recuperada.

“Vários golpes”
Desde a madrugada, o corpo de Zandona, está sendo avaliado pelo Instituto Geral de Perícias (IGP). Segundo o agente de perícias, Rafael Viana, ainda é difícil precisar quantos cortes causaram a morte da vítima. “Ainda estamos fazendo o laudo, mas podemos afirmar que foram vários golpes. Ainda estamos vendo se não teve um outro objeto utilizado”.

Os resultados desta primeira avaliação, que devem compor o inquérito sobre o caso, tem prazo para sair em até 10 dias. Depois dele, uma segunda avaliação deve levantar detalhes sobre a condição do corpo, com prazo de até 50 dias para ser finalizado.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio