Hospital Azambuja é credenciado para realizar cirurgias oncológicas pelo SUS

Aprovação do plano de ampliação do tratamento oncológico pelo Ministério da Saúde possibilitou o credenciamento

Hospital Azambuja é credenciado para realizar cirurgias oncológicas pelo SUS

Aprovação do plano de ampliação do tratamento oncológico pelo Ministério da Saúde possibilitou o credenciamento

O Ministério da Saúde aprovou o plano estadual de ampliação para o tratamento oncológico de Santa Catarina. Com isso, o Hospital Azambuja é uma das unidades credenciadas a realizar cirurgias oncológicas pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

A informação da aprovação do plano foi confirmada pelo deputado estadual Serafim Venzon (PSDB), que esteve em Brasília ontem para acompanhar os trâmites. De acordo com o deputado, com o plano estadual, vários hospitais do interior do estado poderão realizar procedimentos relacionados à oncologia.

“O plano de ampliação compreende habilitar os hospitais para realizarem cirurgias oncológicas, radioterapia e quimioterapia. Além de Brusque, várias cidades são beneficiadas, como São Miguel do Oeste, Chapecó, Criciúma”, diz.

Venzon ressalta que a aprovação do plano significará mais qualidade no tratamento de pacientes oncológicos. “As pessoas vão ter a oportunidade de serem tratadas de sua doença mais perto de casa e com mais agilidade”.

O deputado destaca que o Hospital Azambuja foi credenciado para realizar cirurgias oncológicas porque já tem uma estrutura de centro cirúrgico compatível com a necessidade. “O hospital tem condições técnicas, centro cirúrgico, raio-x, corpo clínico capacitado para isso, tanto é que o hospital já realiza este tipo de cirurgia por convênio e particular, agora, vai poder fazer pelo SUS”.

Além de beneficiar os pacientes da região, a aprovação do plano também trará recompensa financeira ao hospital. “Quando o hospital faz parte desse programa oncológico, melhora o valor que ele recebe por todos os outros procedimentos. O hospital receberá praticamente o dobro para cada procedimento realizado, não somente para os ligados à oncologia”.

Quando contatado pelo O Município no fim da tarde de ontem, o administrador do Hospital Azambuja, Fabiano Amorim, ainda não tinha conhecimento da aprovação do plano estadual de tratamento oncológico, entretanto, ele afirmou que assim que a unidade for comunicada pelo estado irá elaborar um plano de ação em conjunto com Blumenau, que é rede de referência, para dar início às cirurgias.

“Montado o plano de ação, logo depois já poderemos dar início às cirurgias. Quanto mais rápido, melhor para gente. Estamos esperando essa aprovação há muito tempo. Agora, é só verificar o que é necessário para começar o trabalho”.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio