Idoso vai a júri popular por tentativa de homicídio motivado por ciúmes, no Azambuja

Marcelo Adriano Oliveira Reis foi baleado na noite de 15 de junho de 2009

Idoso vai a júri popular por tentativa de homicídio motivado por ciúmes, no Azambuja

Marcelo Adriano Oliveira Reis foi baleado na noite de 15 de junho de 2009

Raulino Hilleshein, de 79 anos, irá a júri popular, acusado de ter tentado matar Marcelo Adriano Oliveira Reis em 15 de junho de 2009 com um tiro no abdômen. A denúncia é de tentativa de homicídio duplamente qualificado por motivo fútil e emboscada, sem tentativa de defesa. A sentença proferida em 3 de outubro e publicada nesta quarta-feira, 10.

Em 15 de junho de 2009, por volta das 19h, Hilleshein foi à rua Padre Antônio Eising, no bairro Azambuja, onde ficava a residência de Tânia Maria de Jesus. Quando Marcelo Adriano Oliveira Reis saiu do local, foi baleado por Hilleshein, que com 70 anos de idade à época, atirou de dentro do seu veículo.

De acordo com a denúncia, Hilleshein tentou matar Reis porque “nutria sentimento amoroso por Tânia e sentia ciúmes do relacionamento que ela possuía com a vítima”.

Veja também:
Brusque tem quase 600 ruas oficiais sem pavimentação

Reforma garante melhor estrutura para atuação do Tiro de Guerra

Comissão processante investiga fraude na previdência dos servidores

Acusado de homicídio no trânsito ocorrido em 2016 vai a júri popular

Procurando imóveis? Encontre milhares de opções em Brusque e região

Motorista morre após perder controle de carro e invadir terreno, em Blumenau