Internacional leva gol no final e perde para o líder Caxias no Gauchão

Enquanto isso, o Flu ficou no 0 a 0 contra a Portuguesa-RJ, e o São Paulo bateu o Mirassol no Paulistão

Internacional leva gol no final e perde para o líder Caxias no Gauchão

Enquanto isso, o Flu ficou no 0 a 0 contra a Portuguesa-RJ, e o São Paulo bateu o Mirassol no Paulistão

O Inter entrou em campo para enfrentar o Caxias, nesta quarta-feira, 24, na terceira rodada do Gauchão, como vice-líder, após duas vitórias. Embora favorito, após os 90 minutos, o time saiu com a invencibilidade quebrada, enquanto que o Grená mostrou força contra o favorito.

O nome do primeiro tempo foi William Pottker. O atacante foi o responsável pelas duas principais chances de gol do Colorado na primeira etapa.

Ainda que o Internacional tenha criado boas chances, foi o Caxias que saiu na frente. Aos 35 minutos, Gabriel Dias não conseguiu desviar da bola e mandou contra a própria meta.

No entanto, a vantagem pouco durou porque ele, William Pottker, aprontou das suas e aproveita a ajeitada de Leandro Damião para marcar e empatar.

O jogo tinha todo o jeito de que iria terminar em igualdade. Não seria ruim para os dois. Mas o Caxias buscou força na sua torcida e, aos 40 minutos, Alex William fez o segundo e derradeiro gol que selou a vitória interiorana sobre os favoritos porto-alegrenses.

O Inter saiu perder do estádio do Centenário, mas em termos de tabela isso não deve ter grande impacto. No Gauchão, classificam-se os oito primeiros para o mata-mata. Difícil imaginar o Colorado de fora.

Já o Caxias – uma das principais forças do interior do Rio Grande do Sul, junto com o rival Juventude –  é líder, vem forte e dá esperanças de que, pelo segundo ano consecutivo, um time de fora de Porto Alegre possa levantar a taça do estadual.


CARIOCA
Placar de zeros, ora pois

Tricolor Carioca apenas empata contra Lusa na terceira rodada da Taça Guanabara

Bastante criticados, os estaduais têm a virtude de colocar times pequenos no cenário nacional. Foi o caso da Portuguesa-RJ, que nesta quarta-feira, 24, voltou a ser lembrada, principalmente, porque quase ter derrotado o Fluminense no estádio Giulite Coutinho.

Com uma vitória e uma derrota, o Fluminense adentrou o gramado com a missão de buscar a primeira vitória na Taça Guanabara. Mas não foi bem o que se viu nos minutos iniciais.

Quem começou assustando foi a Lusa. Logo no primeiro minuto um lateral foi cobrado na área e marcão mandou em direção do gol, mas Júlio Cesar pegou. O lance deu mostras de que os lusitanos iriam incomodar.

O lance mais polêmico do primeiro tempo aconteceu aos 43 minutos. Sassá foi derrubado na cara de Júlio César pelo braço esquerdo de Gum, mas o juizão mandou seguir a partida.

Na etapa final, a Portuguesa foi melhor, meteu duas bolas no travessão – aos 26 e aos 29 -, mas não conseguiu marcar. Para o Flu, que foi vaiado pela torcida no intervalo, o empate não foi de todo ruim, nas circunstâncias do jogo.


PAULISTA
Vitória no final

São Paulo bate o Mirassol com dois gols nos últimos minutos de partida

O cronômetro marcava 38 minutos do segundo tempo e o torcedor são-paulino, agoniado, já contava com mais um empate, e, consequentemente, mais pressão para o turbulento Tricolor Paulista. Mas em questão de 11 minutos, o São Paulo mudou a história da partida e bateu o Mirassol por 2 a 0.

A partida foi realizada em Mirassol, nesta quarta-feira, 24, à noite. O time do interior já deixou de ser surpresa e, há alguns campeonatos, chegou a montar um elenco interessante, depois vendido a clubes maiores.

O São Paulo entrou em campo pressionado pela torcida depois de dois jogos e nenhuma vitória. Diego Souza estreou com a camisa de titular, com a missão de comandar o time ao primeiro triunfo. E não decepcionou.

Foi de Diego Souza o primeiro gol, aos 38 do segundo tempo. O atacante tentou duas vezes até marcar o primeiro com a camisa tricolor.

O segundo gol, que deu mais tranquilidade aos aflitos são-paulinos, foi marcado por Marcos Guilherme, já aos 44 minutos do segundo tempo.

Com a vitória, o tricolor assumiu a liderança do grupo C do Paulistão, pelo menos até esta quinta-feira, quando a Ponte Preta entra em campo.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio