Lei Orçamentária Anual de 2015 prevê investimentos de R$ 62 milhões em Guabiruba

No ano de 2014 o valor ficou em R$ 44 milhões

Lei Orçamentária Anual de 2015 prevê investimentos de R$ 62 milhões em Guabiruba

No ano de 2014 o valor ficou em R$ 44 milhões

O orçamento apresentado pela prefeitura de Guabiruba para o ano de 2015 prevê um aumento de receitas de 40% em relação ao valor previsto para 2014. Segundo prefeito Matias Kohler, este aumento se deve a convênios conseguidos com os governos federal e estadual. A Lei Orçamentária Anual (LOA) foi aprovada em primeira votação pela Câmara de Vereadores e será votada novamente na próxima sessão.

O orçamento total previsto pela prefeitura para o ano que vem é de R$ 62 milhões, ante R$ 44,27 milhões que foram destinados para este ano. O aumento de quase 18 milhões se deu por dois motivos, diz a secretária de Administração, Edena Beatris Censi. O primeiro é a correção da arrecadação do município. Ela explica que a previsão de crescimento foi baseada no mês de setembro e ficou em 5%. A segunda razão são R$ 9,8 milhões em convênios com as esferas federal e estadual, o que não ocorreu em 2014.

“O ano de 2013 foi de fazer projetos, o que se reflete agora”, afirma Kohler. Do total de quase R$ 10 milhões de verbas conveniadas, cerca de R$ 5,3 milhões irá para obras de Educação em escolas e creches. Logo em seguida vêm R$ 2,5 milhões para obras de pavimentação. Outros R$ 2 milhões vão para o saneamento básico e compra de equipamentos.
Principal projeto
Asfaltar as ruas da cidade será o maior projeto de Guabiruba para o ano que vem, diz o prefeito. “O foco da administração é a pavimentação de ações já pré-estabelecidas. Este é o grande clamor popular do momento, não dá mais para viver com poeira”, afirma. As obras ocorrerão nos bairros São Pedro, Aymoré e Planície e Alta. O dinheiro que financiará estas pavimentações virá também de um empréstimo a ser feito junto aos bancos oficiais. Segundo o orçamento, o montante deverá ser de R$ 5 milhões. No entanto, isso pode ou não se concretizar.
Avaliação

Segundo o prefeito, do total de R$ 44 milhões que estavam previstos para 2014 cerca de 90% foi executado até novembro e até o final do ano deverá ser investido na integralidade. “A avaliação da execução do que foi previsto para este ano é positiva. Foi um ano bem executado e ficamos muito satisfeitos com o resultado”, diz Kohler.
Acima do mínimo
Guabiruba investirá o mínimo constitucional de 15% na Saúde. Mais de R$ 9,3 milhões estão previstos para a pasta, o que corresponde a um aumento de 20% em relação a este ano. Apesar disso, no quinto bimestre do ano foi investido 20% na pasta. “Nenhum município hoje consegue sustentar a Saúde só com 15%. Esta é uma demanda cada vez maior”, diz o prefeito.

A Educação também receberá um orçamento acima do que determina a lei – 20%. A pasta terá a maior fatia do bolo orçamentário e ficará com 36% do total, equivalente a R$ 2.320.386,25. Nesta área, o prefeito afirma que há processos em andamento.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio