Máquinas para agilizar a confecção do RG estão guardadas há 11 anos. Identidade ainda é feita do jeito antigo

Responsável pelo setor de Identidade em Brusque afirma que há scanners modernos para a confecção de identidades desde 2001 em Santa Catarina. Equipamentos não seriam usados porque o sistema atual não comporta

Máquinas para agilizar a confecção do RG estão guardadas há 11 anos. Identidade ainda é feita do jeito antigo

Responsável pelo setor de Identidade em Brusque afirma que há scanners modernos para a confecção de identidades desde 2001 em Santa Catarina. Equipamentos não seriam usados porque o sistema atual não comporta

Setor de Identidade guarda 293 documentos perdidos atualmente – Crédito: Aline Camargo
Quem procura o setor de Identidade em Brusque para confeccionar um novo documento ainda precisa pintar as pontas dos dedos e carimbar para realizar o cadastro. O que pouca gente sabe é que o Estado tem equipamentos modernos desde 2001, que poderiam fazer este trabalho sem o uso de tinta e ainda agilizar o processo.

Porém, de acordo com o responsável pelo setor em Brusque, as máquinas são incompatíveis com o sistema de informática atual, e por isso estão à espera de utilização. 

Na edição impressa do Jornal Município desta quinta-feira, 9, você confere mais detalhes sobre a situação, e ainda fica por dentro de dados sobre os documentos perdidos.

*Matéria atualizada às 14h desta quinta-feira, 9.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio