João Vítor Roberge

joao@omunicipio.com.br

Marreco em evolução no Catarinense

João Vítor Roberge

joao@omunicipio.com.br

Marreco em evolução no Catarinense

João Vítor Roberge

Ao comparar as duas apresentações do Brusque no Campeonato Catarinense, nota-se uma clara evolução. Contra o Hercílio Luz, a vitória ficou muito mais próxima do que diante do Joinville. Chances foram criadas aos montes, o que faltou foi o capricho para completar para as redes. Esta evolução foi possível graças a uma mudança simples: o retorno de Zé Mateus, que deu mais dinamismo ao meio-de-campo e capricho nas jogadas pelo lado direito.

Eleito craque da Copa Santa Catarina na campanha do título ano passado, Jefferson Renan foi preterido por Baier na partida contra o Leão do Sul. Em seu lugar entrou Weverton. Este foi o jogador que menos produziu na partida, a despeito de ter feito boa estreia contra o JEC. Tanto é que foi substituído por Jefferson, justamente o autor do cruzamento para o gol de Hélio Paraíba – que já larga bem no campeonato, sendo atualmente o artilheiro.

A Weverton faltam as jogadas mais agudas, precisas. Pelo tamanho e a mesma característica de malabarismos com a bola, foi chamado de Paulinho pela torcida do Bruscão no Augusto Bauer, em alusão ao ex-meia que por muitas temporadas vestiu a camisa quadricolor. Já para o time como um todo, é necessário cuidado com os contra-ataques. Aliás, Maranhão, contratação recente, pede passagem caso Weverton e Jefferson não correspondam.

Nos dois jogos do Brusque, a defesa foi vazada da mesma maneira: o time martelava em busca de seu gol, era superior, mas bobeou no contra-ataque e deixou o adversário marcar. Depois teve que correr atrás do empate e não teve forças para virar o placar. Baier precisará trabalhar nesta contenção das arrancadas adversárias, e também potencializar a capacidade de reação de seu time.

Nesta quarta-feira, 23, o adversário é complicado. O Figueirense venceu seus dois compromissos até aqui e larga como um candidato ao título. É hora do Bruscão conter o Furacão, arrancar sua primeira vitória e subir na tabela. E capacidade para isso o time tem.

Cervejas fazendo sucesso

Casal comprou três cervejas no Archer São Luiz. Foto: Especial

As cervejas do Brusque vêm despertando curiosidade e desejo por quem passa pelos corredores dos Supermercados Archer. Nesta semana, o casal Christian Maffezzolli e Janne Maffezzolli levou pra casa nada menos do que três garrafas, na loja do bairro São Luiz. A estratégia do renovado setor de marketing com as cervejas é reforçar o nome e a marca do Bruscão.

Mais cervejas por aí
Além desta edição especial e limitada, alusiva aos 26 anos do título estadual de 1992, o Bruscão terá uma cerveja própria, popular e com preços mais baixos – a atual bebida tem o custo de R$ 19,90, mas já chegou a custar R$ 25. O clube está esperando apenas a venda completa da cerveja. Ainda há muitas edições nas lojas do Archer.

Programa Passe Livre
Assim como foi publicado em matéria na edição desta segunda-feira, 21, a diretoria de marketing do Bruscão planeja a divulgação do programa Passe Livre já na quarta, na partida contra o Figueirense. Consiste na fidelização de torcedores e facilitação na venda de ingressos, no qual o torcedor não passa por fila. Iniciativa interessante e que, se correr bem, pode dar início ao sonhado sistema de sócio-torcedor do clube.

Vitor Junior
Eis que, enfim, surge uma contratação ‘badalada’, como sempre espera o torcedor do Brusque. Vitor Junior, meia com passagens por gigantes do futebol nacional, chega para ser uma solução no meio-de-campo quadricolor. Resta saber as condições físicas do atleta, que também precisa entrosar com o time. Dificilmente entra em campo na quarta.

Primavera campeã

Acervo pessoal Jânio Mendonça

O registro de hoje na sessão Memória do Esporte vem de Nova Trento. Na terra de Madre Paulina, a equipe S.R. Primavera conquistou seu primeiro título municipal em 1983. Em pé estão: Tonho, Rogério, Edson, Altair, Gastão, Roque, Zico, Afonso, um torcedor não identificado, César e Janari. Agachados: Voltolini, Hermes, Pedrinho, Jânio, Idjio, Juca, Vergilio, Josemar e Jorginho.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo