Morador de Guabiruba que disparou contra família continua preso

Ministério Público se manifestou pela condenação do réu

Morador de Guabiruba que disparou contra família continua preso

Ministério Público se manifestou pela condenação do réu

O homem de 64 anos que atirou contra uma família no bairro Alsácia, em Guabiruba, no dia 9 de março, ainda está preso na Unidade Prisional Avançada (UPA) de Brusque. O Ministério Público apresentou denúncia contra ele por três tentativas de homicídio e porte e disparo de arma de fogo.

A Promotoria apresentou um relatório de como aconteceu o crime. O caso aconteceu no sábado, 9, por volta das 20h. Dois homens e o filho de 5 anos de idade de um deles caminhavam pela rua Alsácia voltando da casa de parentes.

Em um ponto do trajeto, encontraram um tio começaram a conversar. A casa do réu fica na frente de onde eles pararam e ele achou que as vítimas falavam mal da esposa dele, por isso foi tirar satisfações.

Quando ele foi falar com as pessoas na frente da sua casa, foi questionado sobre uma discussão e ameaça com faca que ele teria feito contra a sua mãe naquela mesma manhã.

PM/Divulgação

Neste momento, o homem entrou em casa disse que buscaria “o remédio”. Ele voltou com uma espingarda calibre 32 e, segundo a Promotoria, determinado a matar a família.

As vítimas correram para se escapar dos tiros. A criança foi atingida no pé, já o pai dela levou cinco tiros: ambos os braços, tórax, coxa e região glútea esquerda. O outro homem não foi alvejado, mas correu risco, por isso também foi considerada uma tentativa de homicídio.

Depois se escaparem da ameaça de morte, as vítimas foram atendidas e sobreviveram.

A Polícia Militar de Guabiruba foi acionada e prendeu o homem ainda com a arma, em casa. Ele foi autuado em flagrante e encaminhado à UPA, onde permanece.

Sanidade mental
No transcurso do processo, o juiz determinou que seja feita uma avaliação psicológica sobre a sanidade do réu. Segundo ele, existem dúvidas sobre a saúde mental do homem. O réu é defendido pela Defensoria Pública.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio