Moradores da rua Otaviano Rosa estão sem transporte público há dois meses

Passageiros reclamam que desde que iniciou pavimentação na rua, em março, o Nosso Brusque não realiza o trajeto

Moradores da rua Otaviano Rosa estão sem transporte público há dois meses

Passageiros reclamam que desde que iniciou pavimentação na rua, em março, o Nosso Brusque não realiza o trajeto

Há aproximadamente dois meses os moradores da rua Otaviano Rosa, no bairro Cedro Grande, estão sem transporte público. As obras de pavimentação iniciadas em março e o estado da via devido às chuvas das últimas semanas foram alguns dos fatores que inviabilizaram a passagem dos ônibus do consórcio Nosso Brusque.

No entanto, para as famílias que moram na rua e dependem do transporte – cerca de 50-, isso não é motivo para a paralisação do serviço. A costureira Eliane Esser Merizio, que mora na via, conta que assim que a empresa responsável pela pavimentação começou a asfaltar a rua, os ônibus pararam de circular. Os cidadãos que moram na extensão dos 7 quilômetros da rua precisam se deslocar até a entrada do bairro para utilizar o serviço.

“Sabemos que toda a melhoria gera um transtorno, mas precisamos de atenção. Se passa pela rua caminhões e outros veículos, por que o ônibus não pode passar?”, questiona a costureira, que informa que desde a semana passada a via está transitável.

Nosso Brusque: “sem condições de tráfego”
De acordo com o diretor do Nosso Brusque, Arthur Klann, o ônibus não está passando na rua devido às suas condições. Ele afirma que a intenção da empresa é sempre atender bem os passageiros, porém, não pode colocar em risco a vida dos moradores e nem deixar o veículo preso no local por causa da lama e de buracos.

Klann conta que o motorista da linha esteve no local no começo da semana e a via ainda não apresentava condições de tráfego, por isso, os ônibus não estão autorizado a passar. Ele destaca que não é má vontade do consórcio e que assim que tiver condições, os ônibus voltarão ao trajeto anterior.

Prefeitura garante trafegabilidade
Por outro lado, o vice-prefeito de Brusque, Ari Vequi, afirma que na terça-feira, 20, a rua foi patrolada e está apta ao tráfego de veículos. Além disso, ele diz que a obra de pavimentação dos 4,5 km, de responsabilidade da empresa Ramos Terraplanagem, de Blumenau, está sendo tocada.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio