Moradores do Rio Branco reclamam de esgoto a céu aberto

Leitor procurou o Município Dia a Dia com sua reivindicação; prefeitura diz que fará conserto em maio

Moradores do Rio Branco reclamam de esgoto a céu aberto

Leitor procurou o Município Dia a Dia com sua reivindicação; prefeitura diz que fará conserto em maio

Moradores da rua Curió, localizada no loteamento Jardim das Bromélias, no bairro Rio Branco, reclamam da existência de esgoto a céu aberto na via. De acordo com eles, o problema se arrasta há mais de dois anos e, apesar dos pedidos feito à Prefeitura de Brusque, não houve uma solução.

O leitor Diego Popper, que reside na esquina das ruas Curió com a Beija-Flor, explica que esgoto é despejado a céu aberto bem em frente à sua casa. “À tarde, quando o pessoal chega em casa, o cheiro é complicado, insuportável”, afirma.

Popper diz que o cheiro é mais forte na rua nos horários de pico, antes das 8h e às 17h, pois há mais pessoas e por consequência existe mais esgoto sendo despejado. Ainda conforme o leitor, há três pontos nos quais os dejetos são depositados. Um deles, o que fica em frente à sua residência, fica numa área sinalizada como área verde.

O morador afirma que já procurou vários setores da prefeitura. Primeiro foi à Fundação Municipal do Meio Ambiente (Fundema) porque o esgoto fica em área verde. Dali, mandaram-no para a Vigilância Sanitária e, então, para a Secretaria de Obras. “Deixei meu telefone, mas não tive resposta”, diz.

Em outro ponto da rua Curió, no final da via, mora Ademar Anselmini. Ele também reclama do mau-cheiro que se espalha pela localidade durante o dia, sobretudo nos fins de tarde. “Às vezes vem visita de fora e perguntar o porquê deste cheiro”, diz.

Solução em breve

A Secretaria de Obras confirma que recebeu solicitação dos moradores do loteamento no dia 6 de abril e informa que o encarregado pela manutenção das ruas esteve no local. Ele constatou que há esgoto a céu aberto e incluiu a via na programação da pasta.

A previsão é de que a equipe comece a trabalhar no local no início de maio. Segundo a secretaria, o problema do esgoto a céu aberto é causado, provavelmente, por um rompimento na tubulação. Os técnicos da prefeitura irão avaliar a situação e fazer o conserto. E, se for o caso, providenciar a troca dos tubos.

Segundo a assessoria da secretaria, não é possível deslocar uma equipe neste momento porque todas estão ocupadas: uma está na obra do PAC do Centro, outra no bairro Limeira e a terceira está fazendo ligações de esgoto. Toda a mão de obra da Secretaria de Obras está ocupada.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio